Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de junho de 2018.
Dia do Turismo / Turista.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Varejo

13/06/2018 - 17h38min. Alterada em 13/06 às 17h52min

Zaffari vai ocupar imóveis que eram da bandeira Nacional

Imóveis estão situados na avenida Panamericana, no bairro Jardim Lindoia, e na rua Lucas de Oliveira

Imóveis estão situados na avenida Panamericana, no bairro Jardim Lindoia, e na rua Lucas de Oliveira


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Patrícia Comunello
Duas lojas que eram da bandeira Nacional e que ainda estão desocupadas em Porto Alegre já têm destino. A rede Zaffari alugou os imóveis situados na avenida Panamericana, no bairro Jardim Lindóia, e na rua Lucas de Oliveira, no bairro Mont'Serrat. Não há ainda previsão da data de abertura das filiais nos dois endereços. O Zaffari confirmou, por meio de nota, que fez as locações e que "está na fase de remodelação dos pontos em alinhamento aos padrões da rede a fim de atender as comunidades vizinhas aos endereços".
Seguranças já vigiam os imóveis e confirmam que o Zaffari deve abrir lojas. A reação de moradores e de quem costumava frequentar os dois súpers é de surpresa e até alegria ao saber que a rede vai se instalar. "Ai que coisa boa", exclamou a doméstica Catarina Daniel. "Me falaram, mas não tinha acreditado", confessa Catarina, que trabalha em uma residência próxima ao antigo Nacional da Lucas de Oliveira, zona de classe média alta da Capital. A doméstica diz que sem o súper acaba tendo de andar mais até outra filial do Zaffari nas proximidades e ainda pegar dois ônibus para voltar para casa, em Viamão. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/06/13/206x137/1_mgr130618nacional_vaqzio045-8360664.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5b2145ed16e72', 'cd_midia':8360664, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/06/13/mgr130618nacional_vaqzio045-8360664.jpg', 'ds_midia': 'Saída ao shopping Lindoia, na avenida Panamericana verificar como está a loja que era do Nacional (av. Assis Brasil, 3522) e na sequência a loja na rua Lucas de Oliveira, 777.   na foto: Catarina Daniel, doméstica', 'ds_midia_credi': 'MARCELO G. RIBEIRO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Saída ao shopping Lindoia, na avenida Panamericana verificar como está a loja que era do Nacional (av. Assis Brasil, 3522) e na sequência a loja na rua Lucas de Oliveira, 777.   na foto: Catarina Daniel, doméstica', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Na avenida Panamericana, a vendedora Daiane Montado, que reside há uma quadra de onde era o Nacional, que fechou em janeiro passado, comentou que haviam falado que uma filial do Asun iria abrir no endereço. "Zaffari é mais gostoso, tem mais qualidade dos produtos", compara a moradora em relação ao Nacional, voltando com o filho Breno, de cinco anos, para casa nesta quarta-feira (13). A vendedora cita que hoje vai ao Strip Center Assis Brasil, perto da avenida, mas que encara uma área menos segura. "Bah, aqui é bem pertinho de casa, tem mais movimento", comemora Daiane.   
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/06/13/206x137/1_mgr130618nacional_vaqzio026-8360659.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5b2145ed16e72', 'cd_midia':8360659, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/06/13/mgr130618nacional_vaqzio026-8360659.jpg', 'ds_midia': 'Saída ao shopping Lindoia, na avenida Panamericana verificar como está a loja que era do Nacional (av. Assis Brasil, 3522) e na sequência a loja na rua Lucas de Oliveira, 777.   na foto: Daiane Montado, vendedora e o filho Breno', 'ds_midia_credi': 'MARCELO G. RIBEIRO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Saída ao shopping Lindoia, na avenida Panamericana verificar como está a loja que era do Nacional (av. Assis Brasil, 3522) e na sequência a loja na rua Lucas de Oliveira, 777.   na foto: Daiane Montado, vendedora e o filho Breno', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
A rede norte-americana Walmart, dona da bandeira Nacional, começou a fechar unidades em 2016 e intensificou a desativação em 2017, com fechamento de lojas até o começo deste ano. Na Capital, foram dez unidades fechadas do Nacional. Os planos do grupo norte-americano eram de desativar a bandeira e rever o tamanho no Rio Grande do Sul e no Brasil. No começo deste mês, o mercado foi surpreendido com o anúncio de que o fundo Advent estava comprando 80% da operação do Walmart no Brasil.  
Dos imóveis desocupados pelo Nacional, os situados na avenida Plinio Brasil Milano e na Rua da República foram sucedidas por lojas da rede gaúcha Asun, quinto grupo varejista de supermercados no Rio Grande do Sul. O Asun estava de olho nos imóveis, mas acabou não conseguindo fazer a locação, pois o Zaffari chegou antes. O diretor do Asun Antonio Ortiz Romacho chegou a dizer ao Jornal do Comércio, no ano passado e após a sequência de desativações do Nacional, que gostaria de suceder a rede em todos os pontos. “Se estiverem me ouvindo: Quero comprar todas as lojas", provocou Romacho, enviando recado ao Walmart.
O Walmart é o primeiro e o Zaffari o segundo do ranking de 2018 da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), divulgado em março com base em dados do desempenho de 2017. A assessoria informa que o Zaffari opera tanto com imóveis próprios como locados. Em janeiro, a companhia arrematou o shopping San Pelegrino, em Caxias do Sul. Hoje a rede soma 36 filiais, entre unidades das bandeiras Zaffari e Bourbon, e dez shopping centers, nove deles no Rio Grande do Sul e uma na capita paulista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia