Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Cultura

- Publicada em 13 de Janeiro de 2022 às 08:58

Bienal Black começa nesta quinta-feira inteiramente online

Pintura digital 'Travessias e atravessamentos, nas águas de Oxum me defendo' (2021), de Léia Tavares

Pintura digital 'Travessias e atravessamentos, nas águas de Oxum me defendo' (2021), de Léia Tavares


LÉIA TAVARES/DIVULGAÇÃO/JC
A partir desta quinta-feira (13), a 2ª Bienal Black Brazil Art (2BienalBlack) apresenta criações de artistas contemporâneos individuais e coletivos de modo totalmente online e gratuito. A abertura ocorre às 19h, pelo YouTube.
A partir desta quinta-feira (13), a 2ª Bienal Black Brazil Art (2BienalBlack) apresenta criações de artistas contemporâneos individuais e coletivos de modo totalmente online e gratuito. A abertura ocorre às 19h, pelo YouTube.
Pintura, escultura, fotografia, instalação, têxtil, videoarte e performance serão exibidas dentro da temática Cartografia e Hibridismo do Corpo Feminino: Representação visual e afetiva. Mais uma vez à frente do evento, a museóloga Patricia Brito divide a curadoria com Priscila Costa e Zaika dos Santos. A Bienal Black age na coleta e difusão sobre arte com foco na produção de artistas feministas, reunindo cerca de 250 obras de mais de 100 artistas.
Apresentações, oficinas e debates ocorrem até 18 de julho. Alessandra Simões, Ana dos Santos, Camila de Moraes, Carolina Cerqueira, Hiromi Toma, Leda Maria Martins, Luciana Conceição, Nohara Arrieta e Tiffany Ward são algumas das convidadas das mesas. Na visão de Patrícia, reafirmar que a ideia de diversidade de gênero num País como o nosso, tão plural, promove excelência na artes, na cultura e se traduz na educação. A programação está no site bienalblack.com.br.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO