Porto Alegre, segunda-feira, 19 de abril de 2021.
Dia Nacional do Índio. Dia do Diplomata.
Porto Alegre,
segunda-feira, 19 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Cinema

- Publicada em 18h32min, 19/04/2021. Atualizada em 18h35min, 19/04/2021.

Após recorde de público, Fantaspoa divulga vencedores de sua 17ª edição

História do oculto, de Cristian Ponce, foi um dos premiados na edição 2021 do festival, encerrada no domingo (18)

História do oculto, de Cristian Ponce, foi um dos premiados na edição 2021 do festival, encerrada no domingo (18)


FANTASPOA/DIVULGAÇÃO/JC
O Fantaspoa divulgou, nesta segunda-feira (19), os vencedores das mostras competitivas de sua 17ª edição. O longa argentino História do oculto, de Cristian Ponce, foi escolhido o melhor filme na mostra ibero-americana, enquano Jumbo, de Zoé Wittock (FRA/BEL/LUX) foi o principal premiado na mostra internacional. Foram apontados também os vencedores nas competições de curtas-metragens e no júri popular (ver lista abaixo).
O Fantaspoa divulgou, nesta segunda-feira (19), os vencedores das mostras competitivas de sua 17ª edição. O longa argentino História do oculto, de Cristian Ponce, foi escolhido o melhor filme na mostra ibero-americana, enquano Jumbo, de Zoé Wittock (FRA/BEL/LUX) foi o principal premiado na mostra internacional. Foram apontados também os vencedores nas competições de curtas-metragens e no júri popular (ver lista abaixo).
O festival, encerrado no último domingo, bateu o recorde de público, com mais de 80 mil espectadores, sendo 58 mil visualizações de filmes e 22 mil acessos às atividades paralelas. Segundo a organização, o número representa um aumento de 20% em relação à edição anterior do Fantaspoa. Em decorrência da alta procura, o evento continuará exibindo 90 curtas selecionados e dois longas-metragens nacionais (Entrei em pânico ao saber o que vocês fizeram na sexta-feira 13 do verão passado, de Felipe M. Guerra, e A nau dos loucos: mergulho e decolagem de Pazucus, de Gurcius Gewdner) até o dia 25 de abril.
O Fantaspoa exibiu, ao todo, 160 filmes, sendo 57 longas e 103 curtas-metragens, oriundos de 40 países. Entre os dias 9 e 18 de abril, a plataforma de streaming Würlak foi palco da programação, que contou com quatro premières mundiais e mais de 100 estreias na América Latina, além de 29 debates com os artistas dos filmes exibidos.
PREMIADOS NA 17ª EDIÇÃO DO FANTASPOA
Competição de Curtas-Metragens
Prêmio da Crítica ACCIRS - Associação de Críticos de Cinema do RS
(Jurados: André Kleinert, Caroline Zatt e Daniela Strack)
Melhor Curta-Metragem Nacional: A barca, de Nilton Resende
Melhor Curta-Metragem Internacional em Live-Action: Figurant, de Jan Vejnar
Melhor Curta-Metragem Internacional de Animação: Genius Loci, de Adrien Mérigeau
Competição Ibero-Americana
(Jurados: Domício Grillo, Márcia Deretti e Marina Kerber)
Melhor Ator: Pepe Soriano (Noturna - A Noite do Velho Homem)
Melhor Atriz: Marilú Marini (Noturna - A Noite do Velho Homem)
Melhor Roteiro: Cristian Ponce (História do Oculto)
Melhor Direção: Rodrigo Aragão (O Cemitério das Almas Perdidas)
Melhor Filme: História do Oculto, de Cristian Ponce
Menção Honrosa: Os Que Voltam, de Laura Casabe. Pela forma com que retrata as protagonistas e temas do universo feminino no cinema fantástico e pela construção estética das imagens.
Competição Internacional
(Jurados: Beatriz Saldanha, Fernando Sanches e Renné França)
Melhor Ator: Numan Acar (Nas Sombras)
Melhor Atriz: Najarra Townsend (A Cabeleireira)
Melhores Efeitos Especiais: Christopher Alender e Nick Lively (Ritos Ancestrais)
Melhor Direção de Arte: Alessandro Marvelli (Este Jogo Se Chama Assassinato)
Melhor Roteiro: Roberto De Feo, Lucio Besana e Margherita Ferri (O Ninho)
Melhor Direção: Junta Yamaguchi (Dois Minutos Além do Infinito)
Melhor Filme: Jumbo, de Zoé Wittock
Menção Honrosa:
Cisto, de Tyler Russel: Melhor Banho de Pus
Benny Loves You, de Karl Holt: Melhor Massacre
Dancing Mary, de SABU: Pelo uso da fotografia como função narrativa.
Júri Popular
(Jurados de Curtas-Metragens: André Assis, Bruna Altafini e Rayane Martins)
(Jurados de Longas-Metragens: Brenda Noato, Carolina Moreira e Eduardo Lenhardt)
Melhor Curta-Metragem Nacional: AzulScuro, de Evandro Caixeta e João Gilberto
Melhor Curta-Metragem Internacional em Live-Action: Moment, de Geoffrey Uloth
Melhor Curta-Metragem Internacional de Animação: Un Couer d’Or, de Simon Filliot
Melhor Longa-Metragem: Dois Minutos Além do Infinito, de Junta Yamaguchi
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário