Porto Alegre, quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Dia do Jornalista. Dia Mundial da Saúde.
Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Pandemia

- Publicada em 09h45min, 07/04/2021.

4º Festival de Artistas de Rua será transmitido pela internet

Espetáculo A Última Invenção, do grupo De Pernas para o Ar, integra a programação

Espetáculo A Última Invenção, do grupo De Pernas para o Ar, integra a programação


Raquel Durigon - Divulgação/JC
Adriana Lampert
A arte de rua - realizada em praças, calçadas, sinaleiras, parques e outros locais públicos - também migrou para o universo online por conta da pandemia de Covid-19, e já conta com muitas atividades promovidas no País. Representada por diversos segmentos como música, circo, teatro, dança, estátua viva e grafite, no Rio Grande do Sul a categoria tomará o espaço virtual a partir desta quarta-feira (07) até domingo (11), durante 4º Festival de Artistas de Rua, que será totalmente transmitido pela internet.
A arte de rua - realizada em praças, calçadas, sinaleiras, parques e outros locais públicos - também migrou para o universo online por conta da pandemia de Covid-19, e já conta com muitas atividades promovidas no País. Representada por diversos segmentos como música, circo, teatro, dança, estátua viva e grafite, no Rio Grande do Sul a categoria tomará o espaço virtual a partir desta quarta-feira (07) até domingo (11), durante 4º Festival de Artistas de Rua, que será totalmente transmitido pela internet.
Contemplado com cerca de R$ 300 mil em recursos da Lei Aldir Blanc, o evento produzido pelo Coletivo FAR (que integra profissionais de Porto Alegre e São Leopoldo) terá 75 atrações, envolvendo mais de 180 artistas de diversos municípios gaúchos. "O valor possibilitará cobrir os cachês de todos os envolvidos e vai pagar a logística, que inclui aluguel de estúdio e de equipe de transmissão; além de materiais de divulgação, como camisetas e máscaras com logo do festival", resume o atuador e pesquisador Filipe Farinha, que também é um dos produtores do evento. Segundo ele, a seleção da programação contou com 269 inscrições de projetos. 
Além de promover o intercâmbio entre os profissionais, buscando o diálogo com quem é do Interior do Estado, a ideia do festival é dar visibilidade aos artistas de rua, geralmente esquecidos em eventos de grandes produções, e ampliar a presença do público nas atividades. "A cada edição do festival podemos notar uma crescente representatividade em relação à diversidade de artistas e de áreas abrangentes, dentre estas, podemos citar: street dance, teatro lamb-lamb, acrobacias, música, malabarismo, teatro físico, dança contemporânea, palhaçaria, poesia de cordel, entre outros", destaca Farinha. "Nas duas últimas edições, nos unimos para realizar o evento em mais de uma cidade", conta. Antes da pandemia, a última edição presencial contou com atividades em Porto Alegre, São Leopoldo e Novo Hamburgo.  
Outro foco do festival é discutir sobre o que é a arte de rua e seu alcance. "Nesta edição, as rodas de conversa ocorrerão neste sentido: iremos ter um representante de cada um dos 12 colegiados setoriais das artes do Estado, para entendermos como a arte de rua dialoga com cada um deles e vice-versa." No rol de números e espetáculos, expressões artísticas de diversos gêneros, como teatro, dança, circo, grafite, performances, estátua viva, dança e música cigana, indígena e quilombola integram o evento deste ano, observa Farinha. "Buscamos contemplar os mais diversos segmentos e ampliar o máximo possível as atividades e a representatividade de artistas mulheres, negros, LGBTQIA+, indígenas, ciganos e pessoas com deficiência."
Todos os espetáculos já estão gravados, e serão transmitidos de um estúdio específico, pelos canais no Facebook (Festival de Artistas de Rua) e YouTube (Festival de Artistas de Rua – ao Chapéu) do evento. Serão cinco dias de atividades culturais, gratuitas. No entanto, como é de costume "passar o chapéu" nas apresentações de rua, o evento online irá viabilizar que o público realize contribuições espontâneas via chapéu virtual-solidário para arrecadar verba para compra de cestas básicas para artistas que, por conta da crise do setor durante a pandemia, estão precisando. "A cada espetáculo, iremos passar a chave pix ou os links para pagamentos via cartão, boleto ou transferência bancária", explica o produtor.
Além dos espetáculos também serão oferecidas dez oficinas voltadas para artistas de rua, com temas diversos, a exemplo de expressão corporal e música na rua. Neste caso, a transmissão ocorrerá pela plataforma Zoom. A inscrição deve ser feita pelo site https://festivaldeartistas.wixsite.com/aochapeu.
Confira a programação:
Quarta-feira (07/04)
  • 10h - Oficina - Cartomagia Básica - Iuri Colesnik
  • 11h - Oficina - Música na Rua - Do Som ao Chapéu - Philipe Philippsen
  • 14h - Oficina - Laboratório de dramaturgia do espetáculo de Rua – Diego Deodato
  • 15h - Oficina - Movimento e expressão Corporal para Musicistas – Louise Pierosan
  • 16h - Oficina - Arte Urbana: o grafitti como Arte e Resistência – Leandro Andrade
  • 18h - Abertura oficial / Canal do Youtube e Facebook
  • Espetáculo - Poesia em Movimento - Uma Experiência Cenopoética - Grupo TIA, de canoas 
  • 19h - Roda de conversa - “A Arte de Rua nos Diferentes Setores Culturais do RS"
Quinta-feira (08/04)
  • 10h - Oficina - Performance Indígena Ikamiabas – Corpo & Território – Raquel Kubeo
  • 11h - Oficina - Brincando com bolhas de sabão - Elizandra Menezes
  • 14h - Oficina - O fogo e seus segmentos – Joaquin Vivas
  • 15h - Oficina - Percussão e Pandeiro – Uguatemi Amaro
  • 16h - Oficina - Negressência: Perspectiva sobre danças afro-brasileiras e dança negra contemporânea - Ariadne Paz
  • 18h – Espetáculo - Cartagena - Carlos Pinto /Zezão
  • 19h - Roda de conversa - “A Importância da Produção de Festivais Artísticos”
Sexta-feira (09/04)
Espetáculos
  • 14h - Histórias do Rock, Histórias da Rua - Julio Reny e Fabio Ly
  • 14h40min - Sia Talapa - Bruno Barcelos da Silva
  • 15h15min - Serginho da Vassoura em "Brasil MadMax" – Sergio Espirito Santo Ferret Filho
  • 15h50min - Submerso Graffiti - Mateus da Silva (Skilo)
  • 16h10min - La Banda – Luísa de Lourdes Ampuero Valladolid (Palhaça Chapinga)
  • 18h -Espetáculos de variedades/ Semáforo Freestyle (Apresentações de 01 min)
  • Batata Quente – Artista Semilla - Álan Luan da Silva
  • Circunda Bambolista- Circunda em Vermelho - Natália Emília Pavorina
  • Dissociação de Malabares - Gustavo Adolfo de Leon Soto (Palhaço Marmita)
  • Pedaços - Edson Ferraz
  • O Número do Larke – Marcos Lark
  • Pano Mágico - João Manoel Bilhalba da Silva
  • Rotina de Claves, Orgulho Semaforista – Anthony Felipe Silva
  • Pirofagia na Babilônia – Larissa Rodrigues Alves
  • Abstrato!Well Style! – Wellington Soares Borges
  • Dragonstyle - Ramon Drago Lenhartdt
  • Ambidestria do Espelho - Tiago Araujo
  • Amor & Fúria - Emilio Marcelo Caffaro
  • Küir Swing Fire - Nenio Bitencourt
  • Roda Mundo - Paolla Wurlitzer Castilho
Sábado (10/04)
Espetáculos
  • 10h - Átropos das Clandestinas - Eva Carpa
  • 10h30min - Em Família – Alessandra Carvalho (Povo da Rua)
  • 10h50min - Música na Rua - Coopercultura/ Leopoldo e Ruan Cardoso
  • 11h20min - As aventuras do Palhaço Sebastião - Trupi di Trapu Teatro de Bonecos - Anderson Gonçalves
  • 13h - Caminos Gitanos - El tendell e kumppania Bartale - Zingara Ponce
  • 13h30min - Humor e Alegria com Homem do Gato - Feliciano Falcão Cavalcanti Lins
  • 13h50min - Aqueerverso - Mendy Rodrigues e Eduarda Garcia
  • 14h15min - Circo de Horrores e Maravilhas - Oigalê Cooperativa de Artistas Teatrais
  • 15h - Charles Busker - Rock'n'Décadas – Charles dos Santos Leal (Charles Busker)
  • 15h30min - Manual do Guerrilheiro Urbano - Cambada de Teatro em Ação Direta Levanta FavelA...
  • 16h10min – Corujazz Acústico – Banda Corujazz
  • 16h50min - O Sol da Meia Noite - Clã Aradia – Jacques Martinez
  • 17h10min - Hoje Tem Espetáculo – Circo Jardim -Kauê Mallmann e Paulo Stürmer
  • 19h - Espetáculos de variedades/ Charivari (apresentações de 05 min)
  • Nas Ruas - Paloma Betina Lopes Machado
  • Nego Dinoia O Prefácio - David Alves Noronha Silva
  • CircoTap - Simone Lyrio
  • Giro Bambolístico Intergaláctico - Márcio Gaya (Gayarte)
  • Diabolocking - Ramon Ortiz
  • Este é o Hip Hop - Anderson Freitas Pereira -
  • Gira! Deixa a Gíria Girar - Carol Mendes
  • Estátua Viva – Abraham Ponce Dornelles ( Anjo de Porto Alegre)
  • Mais que poesia - Ezequiel da Silva Melo (MDS Rap Nacional)
  • The Showman - Bruno Mariotti
  • GirAvAibe, por Rodrigo Beeds - Rodrigo Alves de Lima -
  • Salve Salve - Rudimar Souza Camargo ( DJ Hood )
  • Força - Gabriel Vasconcelos
Domingo (11/04)
Espetáculos:
  • 11h - Brincadeiras e Fuzarcas - Cia. Passa Lá Teatro de Bonecos – Luiz Fernando Moojem
  • 12h - Balaio de Palha - Tales Roberto Solano Melati
  • 14h - Segunda Tentativa -Cia Palma
  • 14h30min - Faixa de graça – Grupo Ritornelo de Teatro
  • 15h50min - Espetáculo Cotidiano Urbano – Bboy Julinho RC (Restinga Crew)
  • 15h50min - A última invenção - Grupo de Teatro De Pernas Pro Ar
  • 16h35min - A Saga do Artista de Rua - Márcio Fulber & Bando
  • 18h Espetáculos de variedades / Palco aberto (apresentações de 05 min)
  • Às cegas - Liziana da Rosa
  • Ivo Júnior - Ivo Júnior
  • Amor e Dor - Felipe de Carvalho Bonoto Dutra
  • Vivências Abstratas - Maicon PNA
  • In Flow - Emmanuel e Consuelo
  • Bailalelê - Daisy Regina de Souza Reis
  • Trapézio com parada de cabeça - Leandro Grahl
  • Glitch - Eduardo Martins Bemfica
  • Veja 1 Guerreiro - Ezequiel dos Santos (Mc Kekel)
  • Fire Fan Act - Joâna Cambeses Souza
  • 19h30min - Espetáculo Final - Cumbia na Rua la fiesta de los vivos - Camilo Ignácio Romero Bresson 
Comentários CORRIGIR TEXTO