Porto Alegre, terça-feira, 30 de março de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 30 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

artes cênicas

- Publicada em 11h47min, 30/03/2021. Atualizada em 11h48min, 30/03/2021.

Festival virtual 'Arte que nos toca' começa na quinta-feira com mais de 20 atrações

Espetáculo 'Clichê' é uma das atrações de evento de Canela financiado pela Lei Aldir Blanc

Espetáculo 'Clichê' é uma das atrações de evento de Canela financiado pela Lei Aldir Blanc


henrique luz/divulgação/jc
O último mês de ações do projeto Arte que nos toca, do grupo Daiene Cliquet Artes, será com apresentações virtuais, iniciando nesta quinta-feira (1) com o festival Arte que nos toca. Serão 15 dias de programação pela internet com 22 atrações, via Youtube e Facebook, às 18h e 22h, respectivamente.
O último mês de ações do projeto Arte que nos toca, do grupo Daiene Cliquet Artes, será com apresentações virtuais, iniciando nesta quinta-feira (1) com o festival Arte que nos toca. Serão 15 dias de programação pela internet com 22 atrações, via Youtube e Facebook, às 18h e 22h, respectivamente.
Entre as atrações previstas estão documentários das atividades presenciais realizadas desde fevereiro, como o Canela Alegria no Centro Social Padre Franco, a 4ª Mostra de Teatro Lambe-Lambe no bairro São Lucas, também em Canela, e as ações em Picada Café, além da transmissão de espetáculos de artistas convidados para o projeto. Uma das atrações será o espetáculo Clichê (foto acima).
Durante a execução do projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc do Estado, algumas mudanças foram necessárias na proposta de maneira que as comunidades tivessem acesso às atividades, considerando os cuidados e restrições no enfrentamento à pandemia da Covid-19. “Fizemos inúmeras adequações das atividades como a ampliação das aulas de artesanato. Todas as apresentações que não aconteceram presenciais foram incorporadas no Festival Virtual. O período do projeto é bem curto, ainda mais em uma situação pela qual estamos vivendo”, aponta Cesar Cliquet.
Comentários CORRIGIR TEXTO