Porto Alegre, terça-feira, 09 de fevereiro de 2021.
Dia do Zelador.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 09 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

memória

- Publicada em 15h55min, 09/02/2021.

Governo do RS institui 2021 como ano comemorativo do Bicentenário de Anita Garibaldi

Decreto assinado no Palácio Piratini cria comissão para ações de memória e turismo

Decreto assinado no Palácio Piratini cria comissão para ações de memória e turismo


FELIPE DALLA VALLE/PALÁCIO PIRATINI/DIVULGAÇÃO/JC
Foi assinado na manhã desta terça-feira (9) o decreto que institui 2021 como o ano do Bicentenário de Nascimento de Anita Garibaldi. A solenidade híbrida, com transmissão também pela internet, contou com a presença do governador Eduardo Leite, da secretária de Estado da Cultura, Beatriz Araujo, e da representante da família de Anita, Elma Santana.
Foi assinado na manhã desta terça-feira (9) o decreto que institui 2021 como o ano do Bicentenário de Nascimento de Anita Garibaldi. A solenidade híbrida, com transmissão também pela internet, contou com a presença do governador Eduardo Leite, da secretária de Estado da Cultura, Beatriz Araujo, e da representante da família de Anita, Elma Santana.
Conhecida por sua participação e envolvimento direto na Revolução Farroupilha (1835-1845), Anita não nasceu no Rio Grande do Sul, mas teve seu primogênito, Domênico Menotti Garibaldi, em solo gaúcho, fruto da união com Giuseppe Garibaldi. “Homenageando Anita e destacando sua trajetória, estamos fazendo com que as atuais gerações percebam e entendam que a Revolução Farroupilha não se resumiu a uma contestação de uma ordem estabelecida sobre questões tributárias ligadas ao charque, mas que outras pequenas revoluções eram operadas, quando uma mulher tomava participação sobre esta Revolução, como foi Anita, e que serve de inspiração para todos nós. Trazer à memória e colocar em destaque a história de Anita mostra que temos que ser revolucionários do nosso próprio tempo, afinal, 200 anos depois do nascimento dessa revolucionária, que quebrou muitos paradigmas, ainda temos muitos preconceitos estabelecidos”, destacou o governador.
Com a assinatura do decreto no Palácio Piratini, foi oficialmente criada uma comissão, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac). O grupo será responsável por definir atividades comemorativas à memória de Anita, além de promover o turismo de caráter histórico, cívico e cultural, compondo um roteiro para realização de diversos eventos que deverão acontecer em cidades que tenham ligação com a personagem.
“Juntos, poderemos pensar em eventos comemorativos e atividades para promover homenagens e também o turismo, para que, a partir desse ativo que temos na nossa história, também possamos gerar desenvolvimento econômico e, mais do que tudo, inspirar as pessoas do presente a partir do passado e pensando num futuro melhor”, acrescentou Leite.
Integram a comissão, além da Sedac, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o Conselho Estadual de Cultura (Cecrs), o Consulado Italiano em Porto Alegre, a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), a Fundação Catarinense de Cultura, o Instituto Anita Garibaldi e o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul (IHGRGS).
“É uma iniciativa coletiva que visa enaltecer a caminhada que essa revolucionária fez há 200 anos, mas que está muito viva dentro de nós. Por isso, temos que festejar e homenageá-la. Já fica o meu convite, para que ao longo de 2021 possamos viver muitos momentos de alegria reverenciando essa trajetória”, afirmou a secretária Beatriz Araujo.
Representando a família de Anita Garibaldi, Elma Santana fez um discurso emocionado, relembrando as lutas de sua ancestral e agradecendo pelo reconhecimento com as comemorações do bicentenário: “Anita foi uma heroína de vários mundos, que venceu muitos preconceitos, sendo que o amor foi seu ponto de partida. Esse ato de consagração e reconhecimento aos descendentes dessa mulher guerreira muito me emociona. E o decreto comprova a grandeza deste momento. Muito obrigada”, concluiu Elma.
Comentários CORRIGIR TEXTO