Porto Alegre, quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Cultura, Dia do Cinema Brasileiro e Dia do Designer.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

ACONTECE

- Publicada em 17h08min, 05/11/2020. Atualizada em 23h34min, 05/11/2020.

Casa de Cultura Mario Quintana anuncia reabertura para 19 de novembro em Porto Alegre

Espaços permanentes de exposição voltam a receber público, de terça a domingo, das 11h às 17h

Espaços permanentes de exposição voltam a receber público, de terça a domingo, das 11h às 17h


LUIZA PRADO/JC
Roberta Requia
A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) - localizada na Rua das Andradas, 736 - anunciou nesta quinta-feira (5) a data para reabertura ao público. Fechada desde março por conta da pandemia de Covid-19, um dos pontos turísticos mais queridos de Porto Alegre reabre suas portas no dia 19 de novembro, uma quinta-feira. O horário de funcionamento do centro cultural será reduzido, abrindo de terça-feira a domingo, das 11h às 17h.
A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) - localizada na Rua das Andradas, 736 - anunciou nesta quinta-feira (5) a data para reabertura ao público. Fechada desde março por conta da pandemia de Covid-19, um dos pontos turísticos mais queridos de Porto Alegre reabre suas portas no dia 19 de novembro, uma quinta-feira. O horário de funcionamento do centro cultural será reduzido, abrindo de terça-feira a domingo, das 11h às 17h.
No período de fechamento na quarentena, a CCMQ passou por algumas reformas relacionadas à atualização do Plano de Prevenção e Proteção Conta Incêndios (PPCI). Pequenas obras relacionadas a funções elétrica e hidráulica continuarão após a reabertura da casa, mas em espaços que permanecerão fechados ao público. A previsão de término total das ações de melhoria é dezembro de 2020.

Tempo fechado foi aproveitado para realização de melhorias no espaço
Tempo fechado foi aproveitado para realização de melhorias no espaço
LUIZA PRADO/JC
Os espaços de visitação como as salas de exposição de artes visuais, Jardim Lutzenberguer (aberto, no 5º andar) e o quarto do poeta Mario Quintana estarão liberados, porém as salas de ensaio, teatro e cinema ainda não têm previsão de retomada ao funcionamento.
A Casa de Cultura retornará com limite de público para visitação e com protocolos de proteção ao novo coronavírus. Entre elas, está a aferição de temperatura na entrada da edificação, uso obrigatório de máscaras, dispensers com álcool em gel nos ambientes e medidas de distanciamento entre os visitantes.

Obra Auditório, de Regina Silveira, no halll de entrada do Teatro Bruno Kiefer
Obra Auditório, de Regina Silveira, no halll de entrada do Teatro Bruno Kiefer
LUIZA PRADO/JC
A CCMQ também retorna com novidades na área das artes. Nos dias 19 e 20 de novembro, a Travessa dos Cataventos recebe a instalação Eu era outra selva. A intervenção urbana de Felipe Morozini, que faz parte da Virada Sustentável 2020, utiliza 150 guarda-sóis estampados com vegetação e um inflável gigante no formato de um lobo-guará para levar o público a refletir sobre a floresta que deixaremos para as futuras gerações.
Também a partir da reabertura, o público vai poder conferir a exposição Mulheres nos Acervos do Macrs, fruto de pesquisa colaborativa das pesquisadoras de História da Arte Cristina Barros, Marina Roncatto, Mel Ferrari e Nina Sanmartin.
O diretor da instituição, Diego Groisman, também revelou uma novidade tecnológica na Casa: “Uma das iniciativas mais importantes é que fechamos uma parceria com a empresa Vivo e vamos poder oferecer internet de alta velocidade nos lugares de maior concentração de público. Dessa forma, acreditamos que as pessoas se sentirão mais conectadas com nosso espaço”, comemorou Groisman. Além disso, o Quarto do Poeta ganhou uma nova sala com documentos e fotografias do Núcleo de Acervo e Memória, sobre a vida e a obra de Mario Quintana.
 
O público ainda vai poder conferir a obra Auditório, de Regina Silveira, recentemente instalada no hall do Teatro Bruno Kiefer, em substituição ao painel da artista, acidentalmente extraviado durante reforma ocorrida em 2016. Empenhado pessoalmente na recuperação da obra, o diretor da Casa de Cultura salienta a relevância do episódio. “Serve de alerta para que se reverbere a consciência sobre a importância da preservação do patrimônio cultural”, observa Diego.

Nova moradora

Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) completou 30 anos de funcionamento em 2020
Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) completou 30 anos de funcionamento em 2020
LUIZA PRADO/JC
Recentemente, foi noticiada uma outra novidade positiva para a Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), no Centro de Porto Alegre, em um ano que o centro cultural comemora três décadas de atuação. A Livraria Taverna passou a ocupar uma das lojas do térreo da CCMQ, na esquina entre a Rua dos Andradas e a Travessa dos Cataventos. 
O fato foi motivo de comemoração para o setor, após o anúncio em setembro de que a tradicional Arteloja da CCMQ seria fechada, também situada no térreo do prédio histórico. 
Comentários CORRIGIR TEXTO