Porto Alegre, sábado, 31 de outubro de 2020.
Dia das Bruxas.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 31 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Gente

- Publicada em 10h09min, 31/10/2020. Atualizada em 14h09min, 31/10/2020.

Morre o ator Sean Connery aos 90 anos

Ator se imortalizou interpretando o espião James Bond

Ator se imortalizou interpretando o espião James Bond


WARNER HOME VIDEO/DIVULGAÇÃO/JC
Famoso por viver o primeiro James Bond da história do cinema, o ator Sean Connery morreu na manhã deste sábado (31), aos 90 anos. Ele tinha problemas de saúde e estava nas Bahamas.
Famoso por viver o primeiro James Bond da história do cinema, o ator Sean Connery morreu na manhã deste sábado (31), aos 90 anos. Ele tinha problemas de saúde e estava nas Bahamas.
A informação foi divulgada pelo site da BBC, que confirmou a notícia com a família do ator. A causa da morte ainda não foi divulgada.
Além do papel do histórico espião, Connery ganhou fama ao participar de outras produções, como "Indiana Jones". Ele chegou a receber um Oscar em 1988, além de dois prêmios Bafta e três Globos de Ouro.
O escocês estava aposentado do mundo artístico há mais de dez anos e aproveitava parte de seu tempo livre jogando golfe, uma de suas paixões.
Após a confirmação da morte de Sean Connery pela EON Productions, produtora da franquia James Bond, a repercussão da notícia abalou fãs nas redes sociais e grandes personalidades também lamentaram o falecimento do ator. Os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli afirmaram estar devastados com a morte de Connery. "Ele foi e deverá sempre ser lembrado como o James Bond original, cuja entrada indelével na história do cinema começou quando ele anunciou aquelas palavras inesquecíveis: 'Meu nome é Bond James Bond'", disseram em um comunicado. Para os profissionais, Conner revolucionou o cinema com seu retrato corajoso e espirituoso de um agente secreto sexy e carismático. "Ele é, sem dúvida, o grande responsável pelo sucesso da série de filmes de James Bond e seremos eternamente gratos a ele", concluíram.
Nicola Sturgeon, primeira-ministra da Escócia, também se pronunciou e disse estar de "coração partido" com a morte de Sean Connery."Nossa nação, hoje, lamenta a morte um de seus filhos mais amados", disse em um tuíte. Connery foi o primeiro a fazer o papel de James Bond da franquia. Durante sua carreira, protagonizou sete filmes como o agente secreto, que se tornou um sucesso do cinema e permitiu que outros atores se vangloriassem pela sucessão e, consequentemente, homenagem ao ator escocês.
Comentários CORRIGIR TEXTO