Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

FESTIVAL DE GRAMADO

- Publicada em 09h00min, 23/09/2020.

Prêmio Assembleia Legislativa - Mostra Gaúcha de Curtas ocorre nesta quarta-feira

'O que pode um corpo?' tem direção de fotografia do premiado Bruno Polidoro

'O que pode um corpo?' tem direção de fotografia do premiado Bruno Polidoro


BRUNO POLIDORO/DIVULGAÇÃO/JC
A entrega do Prêmio Assembleia Legislativa - Mostra Gaúcha de Curtas do 48º Festival de Cinema de Gramado ocorre nesta quarta-feira (23), às 18h. Rubens Pereira, diretor artístico do evento, comanda a cerimônia direto do Palácio dos Festivais.
A entrega do Prêmio Assembleia Legislativa - Mostra Gaúcha de Curtas do 48º Festival de Cinema de Gramado ocorre nesta quarta-feira (23), às 18h. Rubens Pereira, diretor artístico do evento, comanda a cerimônia direto do Palácio dos Festivais.
A atração contará com a participação do músico Saulo Fietz. A transmissão ao vivo da divulgação dos vencedores pode ser acompanhada pelas redes sociais do festival (Facebook e YouTube) e pelo Facebook da Assembleia Legislativa, além do site do evento, na aba ao vivo.
O título O que pode um corpo?, de Victor Di Marco e Márcio Picoli, foi um dos 19 selecionados para a mostra. Realizado dentro do curso de produção Audiovisual da UniRitter, o filme teve sua estreia mundial no 31º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo (Curta Kinoforum), onde recebeu o Troféu Borboleta de Ouro, para destaques LGBT, no fim de agosto.

Fragmentos ao vento: 1945 conta história de Senhorinha, interpretada por Paula Souza, à direita)
Fragmentos ao vento: 1945 conta história de Senhorinha, interpretada por Paula Souza, à direita)
LETÍCIA PACHECO/DIVULGAÇÃO/JC
Outro concorrente aos destaques do evento da Serra é Fragmentos ao vento: 1945, de Ulisses Da Motta. O enredo conta a história de Senhorinha, uma mulher negra (Paula Souza), que vive junto a uma colônia de imigrantes alemães oprimidos pela ditadura do Estado Novo.
As cenas, filmadas em sete cidades do Estado, percorrem locais turísticos com importante contexto histórico, como no caso de São Leopoldo, onde as imagens foram filmadas no Museu do Trem e na antiga sede da Prefeitura. “O estado de preservação desses locais foi imprescindível para o filme. Lembro de quando fizemos as visitas nas locações, da sensação de sermos transportados para outra época só de estarmos ali”, destaca a diretora de arte do curta, Gianna Soccol.
Uma das cenas que se destaca nesse contexto é a da balsa no Rio do Sinos, travessia que fica entre as cidade de Portão e Sapucaia do Sul. Estes e diversos outros cenários dos municípios de Santa Maria do Herval, Sinimbu, Montenegro e Bento Gonçalves, serão vistos por espectadores de todo o Brasil durante o Festival de Gramado.
Os títulos em competição ainda estarão disponíveis no streaming do Canal Brasil Play até o fim do dia desta quarta-feira (23),
Comentários CORRIGIR TEXTO