Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

audiovisual

- Publicada em 18h44min, 22/07/2020. Atualizada em 20h43min, 23/07/2020.

Curta gravado em Três Coroas é exibido pelo Canal Brasil

Filme 'A pedra', da cineasta Iuli Gerbase, teve gravações no Brasil Raft Park

Filme 'A pedra', da cineasta Iuli Gerbase, teve gravações no Brasil Raft Park


FESTIVAL DE GRAMADO/DIVULGAÇÃO/JC
Estreia no Canal Brasil, nesta quarta-feira (22), o curta-metragem A pedra, da cineasta gaúcha Iuli Gerbase. A narrativa acompanha uma família que vai fazer um passeio de rafting e, diante de uma situação inesperada, precisa confrontar as diferentes questões que vêm à tona, com tensão dramática nas corredeiras do rio Paranhana. 
Estreia no Canal Brasil, nesta quarta-feira (22), o curta-metragem A pedra, da cineasta gaúcha Iuli Gerbase. A narrativa acompanha uma família que vai fazer um passeio de rafting e, diante de uma situação inesperada, precisa confrontar as diferentes questões que vêm à tona, com tensão dramática nas corredeiras do rio Paranhana. 
A protagonista da trama, a atriz mirim Ester Amanda Schafe, ganhou menção honrosa no último Festival de Cinema de Gramado, com a justificativa: "pela vigorosa interpretação e pelo talento promissor que revela". A produção ainda tinha recebido anteriormente os prêmios da crítica e de melhor ator para Felipe Kannenberg no 23º Cine PE, em Recife, no ano passado. 
No Canal Brasil, o curta será exibido às 21h45min de quarta-feira (22), às 13h de quinta-feira (23), às 9h15min de sexta-feira (24), na faixa das 7h do domingo (26), e às 19h de segunda-feira (27). Os assinantes da GlobosatPlay também podem assistir por streaming.
Gravado no Brasil Raft Park, o filme tem como pano de fundo as belezas naturais de Três Coroas, cidade referência em turismo de aventura no Brasil. Banhado pelo Rio Paranhana, o município é considerado a capital nacional do esporte, além de ser lembrado por seus atrativos naturais.
O rio, a mata abundante, os grandes paredões de pedra, a flora exuberante e o canto dos pássaros que compõem a fauna rica são os ingredientes que tornam Três Coroas e região o principal destino para procura do turismo de aventura no Rio Grande do Sul.
Para promover o destino e organizar a retomada das atividades, as empresas e parques de Três Coroas, Brasil Raft Park, Central Sul Raft, Eco Aventuras, Exxtreme.4 Rafting e Expedições, Parque das Laranjeiras e Raft Adventure Park, se uniram à Abeta - Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura e a outros empresários do segmento de todo Brasil para a elaboração de protocolos unificados de cuidados e prevenção, para que em breve possam voltar a receber os aventureiros com toda segurança.
“A exibição do filme é mais uma oportunidade para conhecer a atividade do rafting e a nossa região. Entendemos que essa reconexão com a natureza será fundamental para recompormos as nossas energias quando tudo isso passar, essa é uma das nossas principais apostas na retomada do turismo de aventura em Três Coroas”, comenta Cristian Krummenauer, gerente do Brasil Raft Park. A expectativa é de que os turistas possam voltar a aproveitar a região a partir de setembro.
Comentários CORRIGIR TEXTO