Porto Alegre, sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Dia do Cinema Brasileiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

literatura

Alterada em 19/06 às 18h42min

Editora Rocco lança novo livro da série 'Jogos vorazes', de Suzanne Collins

Obra em prelúdio da saga já tem adaptação para o cinema confirmada

Obra em prelúdio da saga já tem adaptação para o cinema confirmada


ROCCO/DIVULGAÇÃO/JC
Caroline Zatt da Silva
A editora Rocco lança, nesta sexta-feira (19), o livro prelúdio da série Jogos vorazes, da autora best-seller Suzanne Collins, em tradução para o português. A história de A cantiga dos pássaros e das serpentes (Tradução de Regiane Winarski, 576 páginas, R$ 59,90 - e-book R$ 32,90) explora o passado do vilão Coriolanus Snow, quando ele ainda tinha 18 anos e se preparava para a oportunidade de ser mentor na 10º edição dos Jogos.
A editora Rocco lança, nesta sexta-feira (19), o livro prelúdio da série Jogos vorazes, da autora best-seller Suzanne Collins, em tradução para o português. A história de A cantiga dos pássaros e das serpentes (Tradução de Regiane Winarski, 576 páginas, R$ 59,90 - e-book R$ 32,90) explora o passado do vilão Coriolanus Snow, quando ele ainda tinha 18 anos e se preparava para a oportunidade de ser mentor na 10º edição dos Jogos.
A saga, que comemora 10 anos de lançamento no Brasil nesta sexta-feira (19), já vendeu 100 milhões de cópias dos três livros da trilogia Jogos vorazes, nos formatos impresso e digital, em todo o mundo. A compra do novo título de ficção estrangeira da série Jogos Vorazes #4, pelo selo Rocco Jovens Leitores, pode ser feita na Livraria da Travessa, Amazon, Americanas.com, Submarino e site Shoptime.
A cantiga dos pássaros e das serpentes se passa 64 anos antes de Katniss Everdeen (vivida nas adaptações para o cinema por Jennifer Lawrence) participar dos Jogos. O jovem Coriolanus Snow luta para manter as aparências em Panem, um país distópico e de governo ditatorial.
Escondendo os problemas financeiros da família que um dia tinha sido importante, Snow depende de sua capacidade de encantar, enganar e manipular seus colegas estudantes para conseguir mentorar o tributo vencedor. Porém, a sorte não está ao seu favor. A ele foi dada a tarefa humilhante de ser mentor da garota tributo do Distrito 12, o pior dos piores. O destino dos dois estarão interligados e toda escolha que Coriolanus fizer pode significar sucesso ou fracasso, triunfo ou ruína.
A trilogia Jogos vorazes já foi traduzida para 53 idiomas, em 56 países. Em 2012, a Lionsgate lançou o primeiro filme baseado nos romances, com uma franquia que já faturou quase US$ 3 bilhões nas bilheterias do mundo. O novo livro já tem adaptação para o cinema confirmada.
Na primeira tiragem em inglês do novo livro, já foram vendidas 2,5 milhões de cópias. Na estreia, o primeiro título da saga apareceu na lista de best-sellers do New York Times por mais de 260 semanas consecutivas (isto é, mais de cinco anos consecutivos).

 

O passado do presidente Snow

Prelúdio resgata origem da trajetória de personagem interpretado nos cinemas por Donald Sutherland
Prelúdio resgata origem da trajetória de personagem interpretado nos cinemas por Donald Sutherland
PARIS FILMES/DIVULGAÇÃO/JC
Em entrevista para o editor David Levithan, Suzanne Collins contou como foi voltar 64 anos na história da Panem para escrever A cantiga dos pássaros e das serpentes. “Eu realmente gostei de voltar no tempo para uma versão de Panem à época da reconstrução que se seguiu aos Dias Sombrios. Pensei muito no período após a Guerra Civil nos Estados Unidos e também na era pós-Segunda Guerra Mundial na Europa. Pessoas tentando se reconstruir, vivendo suas rotinas em meio aos escombros. Os desafios da escassez de alimentos, infraestrutura danificada, sem saber como proceder em tempos de paz. O alívio do término da guerra, juntamente com a amargura em relação ao inimigo. A necessidade de colocar a culpa”, disse a autora.
Segundo a escritora best-seller, o autoritarismo do protagonista Snow surgiu ainda quando era criança. “Experiências de sua infância, assim como seus relacionamentos complicados formaram seu caráter autoritário. Mas, além de considerar tudo isso, você ainda precisa deixar espaço para a personalidade de Snow. Ele é um produto da natureza ou da criação? Todos da sua geração sofreram traumas, perdas e privação. E, no entanto, Sejanus, Tigris, Lucy Gray e Lysistrata se mostraram muito diferentes. Por alguma razão, Snow tem uma personalidade muito controladora. Então, ele experimenta uma das emoções mais fora de controle que existem: se apaixonar. Acontece que é uma má combinação”, revela a autora sobre o novo livro.
"Esta nova história, contada com Snow como protagonista, nos ajuda a entender melhor o sistema dos Jogos Vorazes e como eles foram se transformando ao longo do tempo até se tornarem o que conhecemos na saga da Katniss. Além disso, nos dá pistas de como funcionavam as relações de poder em Panem. Vemos, por exemplo, diversos sobrenomes conhecidos da trilogia nos cidadãos da Capital, o que mostra que as mesmas famílias estão no comando há anos. E o Snow era um jovem controlador, possessivo e ambicioso. Suzanne Collins conduz a narrativa de uma maneira que expande muito o mundo da trilogia", comenta Paula Drummond, editora do livro na Rocco.
Comentários