Porto Alegre, sexta-feira, 29 de maio de 2020.
Dia Mundial da Energia. Dia do Estatístico. Dia do Geógrafo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 29 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

patrimônio

29/05/2020 - 12h24min. Alterada em 29/05 às 18h00min

Fundação Teatro São Pedro encerra vínculo com associação que administrava o teatro

Em maio, mais de 30 funcionários terceirizados do local foram demitidos

Em maio, mais de 30 funcionários terceirizados do local foram demitidos


DIEGO NEVES/DIVULGAÇÃO/JC
Igor Natusch
A Fundação THeatro São Pedro (FTSP) comunicou nesta sexta-feira (29) que não possui mais vínculo com a Associação Amigos do Theatro São Pedro (AATSP). Com isso, a Fundação assume a administração de todos os bens móveis e imóveis vinculados à instituição, incluindo o prédio do Theatro São Pedro e o Multipalco Eva Sopher.
A Fundação THeatro São Pedro (FTSP) comunicou nesta sexta-feira (29) que não possui mais vínculo com a Associação Amigos do Theatro São Pedro (AATSP). Com isso, a Fundação assume a administração de todos os bens móveis e imóveis vinculados à instituição, incluindo o prédio do Theatro São Pedro e o Multipalco Eva Sopher.
De acordo com o presidente da FTSP, Antonio Hohlfeldt, o rompimento é consequência de um impasse que se arrasta há mais de um ano, após o vencimento do termo de convênio com a entidade privada. Segundo ele, a AATSP não vinha cumprindo exigências da lei estadual nº 9.186, de 1990, que regra a relação de instituições culturais do Estado e associações de amigos - entre elas, a abertura de uma conta bancária vinculada, na qual são depositados os valores obtidos por meio de financiamentos.
Outra divergência tem a ver com a propriedade de bens ligados ao Theatro São Pedro, em especial o Multipalco. De acordo com Hohlfeldt, um parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), favorável à Fundação, somou-se à pressão da Contadoria-Geral do Estado (Cage) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para precipitar o fim do termo de cessão. "A presidência da Associação se nega a assinar (a renovação do convênio), então só no resta comunicar que encerrou a relação. Chegamos ao divórcio", afirma.
A partir do comunicado, a FTSP passa a controlar aspectos como a locação do restaurante, localizado no andar superior do Theatro São Pedro, e o controle dos borderôs. A AATSP terá que se retirar das salas que ocupa no imóvel. "Se houver um reposicionamento da direção da Associação, é possível reabrir a negociação. Mas, no momento, acabou a relação entre as partes", acentua Hohlfeldt. A possibilidade de assinar um novo termo de cessão com outra entidade segue em aberto. "Outras pessoas podem formar outra associação, por exemplo. Mas, no momento, a nossa ótica para os próximos meses é de manter a administração direta."
No início de maio, mais de 30 profissionais foram demitidos da Fundação Theatro São Pedro após o fim do prazo de renovação de contratos. Os profissionais eram terceirizados e trabalhavam pela Associação Amigos do Theatro São Pedro.A nova licitação, segundo Hohlfeldt, já está concluída, e a FTSP aguarda a formalização para discutir um calendário de preenchimento das vagas. No momento, o teatro está fechado, com uma empresa provisória tomando conta da segurança, e serviços como informática, jardinagem e manutenção de elevadores devem ser alvo de contratações emergenciais, pelo período de dois a três meses.
A reportagem tentou, durante a tarde de sexta-feira, fazer contato com a Associação de Amigos do Theatro São Pedro. No entanto, não recebeu retorno da direção da entidade até o fechamento da matéria.
A FTSP alerta que os mensalistas do estacionamento do Multipalco deverão contatar a administração da FTSP (imprensa@teatrosaopedro.com.br) para orientações de como proceder, já que o estacionamento estará fechado ao público a partir de segunda-feira (1º).  
Comentários