Porto Alegre, quarta-feira, 22 de abril de 2020.
Dia Mundial da Terra. Descobrimento do Brasil.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Literatura

Alterada em 22/04 às 19h54min

Coletivo Beabah promove live sobre literatura trans nesta quinta-feira

Escritora Atena Beauvoir é a convidada da transmissão, que ocorre às 19h

Escritora Atena Beauvoir é a convidada da transmissão, que ocorre às 19h


ACERVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC
A literatura de autoria trans é o tema da primeira live do coletivo Beabah - Rede de Bibliotecas Comunitárias do Rio Grande do Sul, que será realizada às 19h desta quinta-feira (23), pelo Instagram @beabah.rs. Quem falará sobre o assunto é a escritora e filósofa Atena Beauvoir, autora das obras Libertê: poesia, filosofia e transantropologia e Contos transantropológicos.
A literatura de autoria trans é o tema da primeira live do coletivo Beabah - Rede de Bibliotecas Comunitárias do Rio Grande do Sul, que será realizada às 19h desta quinta-feira (23), pelo Instagram @beabah.rs. Quem falará sobre o assunto é a escritora e filósofa Atena Beauvoir, autora das obras Libertê: poesia, filosofia e transantropologia e Contos transantropológicos.
Com o tema Literatura invisível: existência, resistência e desafios, a aula pública tem como objetivos entender e promover autoras transgêneras que existem, discutem e produzem boa literatura, além de abordar o conceito de invisibilidade literária. A mediação será feita por Eduardo Peixoto, integrante do coletivo, que atua há 11 anos realizando ações de descentralização da cultura e democratização do acesso ao livro e à leitura.
Comentários