Porto Alegre, sexta-feira, 06 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Cinema

Notícia da edição impressa de 06/03/2020. Alterada em 06/03 às 03h00min

Em 'Fim de Festa', investigador tenta desvendar assassinato durante o Carnaval

No filme, Irandhir Santos (centro) retoma parceria com o diretor Hilton Lacerda

No filme, Irandhir Santos (centro) retoma parceria com o diretor Hilton Lacerda


VICTOR JUCÁ/DIVULGAÇÃO/JC
Dirigido por Hilton Lacerda, Fim de festa chega aos cinemas credenciado pelos prêmios de melhor filme e roteiro na última edição do Festival do Rio. Nele, Hilton mantém a parceria com o ator Irandhir Santos, que interpreta Breno, um investigador de polícia que busca desvendar o assassinato de uma jovem francesa, ocorrido durante o Carnaval de Recife.
Dirigido por Hilton Lacerda, Fim de festa chega aos cinemas credenciado pelos prêmios de melhor filme e roteiro na última edição do Festival do Rio. Nele, Hilton mantém a parceria com o ator Irandhir Santos, que interpreta Breno, um investigador de polícia que busca desvendar o assassinato de uma jovem francesa, ocorrido durante o Carnaval de Recife.
Ao voltar mais cedo de férias para assumir o caso, o policial acaba surpreendendo seu filho com três amigos, todos hospedados em sua casa durante o período carnavalesco. Em meio à busca por pistas que ajudem a esclarecer a morte, a cidade desenterra traumas do passado de Breno e revela um estranho universo de lugares e memórias.