Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

televisão

- Publicada em 02h19min, 17/01/2020. Atualizada em 03h00min, 17/01/2020.

Confira os destaques da telinha para este fim de semana

Elza Soares apresenta sua obra e trajetória em documentário 'My name is now'

Elza Soares apresenta sua obra e trajetória em documentário 'My name is now'


/PAOLO GIRON/DIVULGAÇÃO/JC
My name is now, Elza Soares é uma produção que apresenta as forças e fraquezas da intérprete, em que a artista também fala sobre suas vitórias e mazelas. Entre as fases de sua vida, o documentário passa pela época de infância em que convivia com sua mãe, Rosária, seu pai, Avelino, e seus cinco irmãos. A obra também apresenta um relato emocionado sobre o relacionamento que teve com o ex-jogador de futebol Manoel dos Santos, conhecido como Mané Garrincha, além da perda de seus filhos. Dirigido por Elizabete Martins Campos, o filme é composto por sons e imagens da cantora, que se confundem com a história da música brasileira, contando na trilha com os temas Menina de onde você vem, Eu não sou nada, Volta por cima, entre outros. O documentário vai ao ar na Sesc TV na sexta-feira, às 23h, e sábado, às 22h.
My name is now, Elza Soares é uma produção que apresenta as forças e fraquezas da intérprete, em que a artista também fala sobre suas vitórias e mazelas. Entre as fases de sua vida, o documentário passa pela época de infância em que convivia com sua mãe, Rosária, seu pai, Avelino, e seus cinco irmãos. A obra também apresenta um relato emocionado sobre o relacionamento que teve com o ex-jogador de futebol Manoel dos Santos, conhecido como Mané Garrincha, além da perda de seus filhos. Dirigido por Elizabete Martins Campos, o filme é composto por sons e imagens da cantora, que se confundem com a história da música brasileira, contando na trilha com os temas Menina de onde você vem, Eu não sou nada, Volta por cima, entre outros. O documentário vai ao ar na Sesc TV na sexta-feira, às 23h, e sábado, às 22h.
Recentemente indicada ao Oscar pelo seu papel em Judy - muito além do arco-íris, Renée Zellweger estará no Studio Universal, nesta sexta-feira, às 22h, tendo o fim da trilogia de Bridget Jones com O bebê de Bridget Jones. A trama agora foca na carreira e sua vida como solteira, tendo a descoberta de que está grávida. Após ter dormido com um desconhecido e com um amor do passado, Mark (Colin Firth), ela precisa descobrir quem é o verdadeiro pai da criança. Baseado no romance da escritora Helen Fielding, o elenco é completado por Patrick Dempsey e Gemma Jones.
A Globo dá continuidade ao The Voice Kids neste domingo, agora com mais dez jovens concorrentes que foram classificados no segundo domingo. As crianças têm entre nove e 14 anos e compõem os times dos técnicos Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Simone & Simaria, tendo um limite de 24 candidatos por time.
Outro destaque fica para Os Paralamas do Sucesso - os quatro, obra ainda em produção com estreia prevista para 2020 no Curta!. O documentário de Roberto Berliner, que acompanha o grupo desde 1983, no Circo Voador, e codirigido por Paschoal Samora, trata fundamentalmente da relação dos três músicos - Herbert, Bi Ribeiro e João Barone - com o empresário José Fortes, um elemento que pouco aparece na mídia.
O Lifetime exibe uma maratona da Família Real neste domingo, a partir das 17h40min. O primeiro deles é William e Kate, um romance biográfico que apresenta as diferenças, com os altos e baixos dos nove anos de namoro do casal, além do rápido rompimento em 2007. A sequência se dá com Harry & Meghan: um amor real, às 19h20min. O filme acompanha o relacionamento dos dois, passando pelo momento em que se conheceram e o a namoro mantido em segredo. Continuação da obra anterior, Harry e Meghan: primeiro ano de casados segue a história do casal, agora já com o primeiro bebê: Archie. A maratona encerra com Harry e Meghan: rebeldes reais, em que a produção exibe como este é o casal menos convencional da história da realeza.
Glória é uma travesti bem-sucedida e que é feliz com suas conquistas, mas que vive distante da irmã Graça por desavenças do passado. Quando Graça descobre uma grave doença, ambas tentam realizar uma reaproximação. A Glória e a Graça é exibido pelo Canal Brasil no sábado, às 19h45min.
Comentários CORRIGIR TEXTO