Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

teatro

- Publicada em 03h22min, 24/12/2019. Atualizada em 10h28min, 24/12/2019.

Porto Verão Alegre invade palcos da Capital e do Estado em janeiro

Sucesso de público, 'Bailei na curva' tem presença confirmada no festival

Sucesso de público, 'Bailei na curva' tem presença confirmada no festival


EMÍLIO SPECK/DIVULGAÇÃO/JC
O Porto Verão Alegre já se tornou uma atração cultural bastante aguardada no começo de ano da Capital. E a programação para 2020 indica que a 21ª edição do festival multicultural - que acontece entre 8 de janeiro e 16 de fevereiro - será a maior de todas até aqui, batendo recordes de eventos e de peças em cartaz. Ao todo, 146 espetáculos estão na lista, com 82 deles se apresentando pela primeira vez no evento - três deles (Alta terapia, Não me faz te pegar nojo e Seres imaginários) fazem suas estreias nacionais.
O Porto Verão Alegre já se tornou uma atração cultural bastante aguardada no começo de ano da Capital. E a programação para 2020 indica que a 21ª edição do festival multicultural - que acontece entre 8 de janeiro e 16 de fevereiro - será a maior de todas até aqui, batendo recordes de eventos e de peças em cartaz. Ao todo, 146 espetáculos estão na lista, com 82 deles se apresentando pela primeira vez no evento - três deles (Alta terapia, Não me faz te pegar nojo e Seres imaginários) fazem suas estreias nacionais.
Serão em torno de 400 eventos, espalhados em 19 espaços culturais em Porto Alegre e Canoas. A intensa agenda vai movimentar equipamentos culturais como a Sala Álvaro Moreyra, o Bar Opinião, o Teatro Bruno Kiefer, o Centro Histórico-Cultural Santa Casa, o Teatro do CIEE, o Instituto Goethe, o Theatro São Pedro e o Teatro Renascença, entre outros. No decorrer do festival, as cidades de Farroupilha, Lajeado e Santa Cruz também receberão a apresentação de um dos espetáculos em cartaz. Os responsáveis pelo Porto Verão Alegre são Rogério Beretta e Zé Victor Castiel.
Os ingressos já estão à venda nas bilheterias pelo site portoveraoalegre.com.br, no qual também é possível conferir a programação completa do festival. Há descontos especiais para compras antecipadas - a inteira, por exemplo, sai por R$ 32,00, ao invés dos R$ 40,00 cobrados no dia de cada espetáculo, nas bilheterias físicas. Além disso, será promovida a doação de mil ingressos para instituições de assistência social, escolas e centros comunitários. Interessados podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]
Peças de destaque do teatro gaúcho e brasileiro, como Bailei na curva, Homens de perto, O feio, Inimigas íntimas, Pois é, vizinha... e Se meu ponto G falasse são presenças confirmadas, com a certeza de grande público. Elas dividirão atenções com atrações que integram a programação pela primeira vez, como Diário secreto de uma secretária bilíngue, Guia nada prático para o amor, Inconsequente - Nego Di e 2068, entre muitas outras. As sessões de Pq casamos?! (25 e 26 de janeiro) e Frida Kahlo - À revolução! (6 e 9 de fevereiro) contarão com audiodescrição e tradução para Libras, reforçando o compromisso do festival com a democratização do teatro.
Além da programação principal, a mostra infantil reúne 12 espetáculos, apresentados sábados e domingos, no Teatro do Sesc. Durante o mês de janeiro, seis espetáculos, que estrearam no Instituto Ling em 2019, serão apresentados novamente no espaço, como parte da mostra Ponto de Teatro. E o mesmo local abrigará o Verão poético - A poesia de Anna Mariano, com três atores interpretando poemas da escritora na peça Apenas por nós choramos, em um misto de sarau e espetáculo teatral.
A agenda ligada ao Porto Verão Alegre trará, também, a Mostra Palco Tchekhov (4 a 14 de fevereiro), com cinco espetáculos baseados em textos do escritor russo e uma mostra de dança, com seis atrações na Casa de Espetáculos. Encerrando a lista de eventos paralelos, o CenaSig acontece em 5 de fevereiro. Após a sessão de Frida Kahlo - À revolução!, haverá um debate, conduzido em parceria com a Sigmund Freud - Associação Psicanalítica.
Nas segundas-feiras, o catamarã Bela Catarina também fará parte dessa celebração à cultura, com uma programação especial. Os passeios sairão do atracadouro atrás da Usina do Gasômetro, sempre às 18h, com duração de uma hora e 30 minutos. Há espaço, também, para atividades de caráter social: nos dias 20 e 21 de janeiro, serão realizadas oficinas para adolescentes assistidos pelo Complexo da Fase na Vila Cruzeiro, contemplando um total de 65 jovens.
Realizado anualmente desde 1999, o Porto Verão Alegre traz como conceito para o ano que vem a frase Tudo em movimento. Segundo os organizadores, é uma referência à capacidade transformadora da cultura e à mudança de panorama causada na Capital desde o surgimento do festival, que movimentou um período considerado "morto" na agenda porto-alegrense. O 21º Porto Verão Alegre é apresentado por Ministério da Cidadania, Banrisul, Grupo Zaffari e Unimed.
Comentários CORRIGIR TEXTO