Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Artes cênicas

Edição impressa de 26/11/2019. Alterada em 26/11 às 03h00min

Casa de Cultura Mario Quintana recebe espetáculos sobre temática e dramaturgia gay

'Entrega para Jezebel' é uma das peças do festival Cenas Diversas - LGBTI

'Entrega para Jezebel' é uma das peças do festival Cenas Diversas - LGBTI


LUCIANA ZACARIAS/DIVULGAÇÃO/JC
A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) recebe, a partir desta terça-feira (26), três dias de espetáculos teatrais sobre a temática e a dramaturgia gay. O Cenas Diversas - LGBTI busca celebrar, abrir espaço e promover o diálogo sobre a diversidade estética através da arte, sempre com atividades gratuitas, mediante retirada de senhas. A curadoria é de Jessé Oliveira e convidados. As sessões são sempre às 20h, parte delas com tradução em Libras e audiodescrição, e os espetáculos têm classificação recomendada para maiores de 16 anos.
A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) recebe, a partir desta terça-feira (26), três dias de espetáculos teatrais sobre a temática e a dramaturgia gay. O Cenas Diversas - LGBTI busca celebrar, abrir espaço e promover o diálogo sobre a diversidade estética através da arte, sempre com atividades gratuitas, mediante retirada de senhas. A curadoria é de Jessé Oliveira e convidados. As sessões são sempre às 20h, parte delas com tradução em Libras e audiodescrição, e os espetáculos têm classificação recomendada para maiores de 16 anos.
Hoje, o Teatro Carlos Carvalho da CCMQ recebe Entrega para Jezebel, com as atrizes transexuais e negras Valéria Barcellos e Clodd Dias. A peça conta a história de uma travesti que alterna o seu tempo cuidando do filho adotivo, durante o dia, e tentando ganhar dinheiro pelas ruas, à noite. Amanhã é a vez de Rainhas da noite, um espetáculo de esquetes e cenas curtas, intercalado com canções, homenageando cantoras nacionais e internacionais. Na quinta-feira, o Cenas Diversas - LGBTI encerra com Homens que caem, descrevendo a série de sentimentos que atinge uma companhia de teatro que ensaia uma montagem do escritor maldito Jean Genet.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia