Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Centros culturais

- Publicada em 14h38min, 14/11/2019. Atualizada em 16h23min, 14/11/2019.

Leilão busca recursos para sede de museu de arte no 4º Distrito

Atualmente, o Museu de Arte Contemporânea ocupa o sexto andar da Casa de Cultura Mario Quintana

Atualmente, o Museu de Arte Contemporânea ocupa o sexto andar da Casa de Cultura Mario Quintana


MACRS/DIVULGAÇÃO/JC
Lourenço Marchesan
Será no 4º Distrito de Porto Alegre a futura sede do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs). Para arrecadar recursos para a sede, a Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS (AAMACRS), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, promoverá um leilão de aproximadamente 130 obras doadas por 106 artistas, na próxima terça-feira (19).
Será no 4º Distrito de Porto Alegre a futura sede do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs). Para arrecadar recursos para a sede, a Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea do RS (AAMACRS), em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, promoverá um leilão de aproximadamente 130 obras doadas por 106 artistas, na próxima terça-feira (19).
O evento será aberto ao público e vai ocorrer na ala residencial do Palácio Piratini, a partir das 21h. Um coquetel com convite a R$ 500,00 que antecederá o leilão terá a renda destinada também às obras da futura sede.
O novo prédio do Macrs, que será em um terreno doado pelo governo no 4º Distrito da Capital na rua Comendador Azevedo, 256, terá mais espaço para o acervo de obras contemporâneas, afirma o diretor da AAMACRS, Marcio Carvalho. A ideia, segundo o diretor, é usar o valor obtido no pregão também para a manutenção do local.
O projeto foi realizado por cinco arquitetos gaúchos, sendo dois de Porto Alegre, dois de Caxias do Sul e um de Santa Maria. Conforme explica a caxiense Daniela Bortolotto, uma das coautoras, o terreno tem área de 2,252 metros quadrados, com um pavilhão de 870 m². A associação vai encaminhar o projeto para tentar  enquadrar na Lei de Incentivo à Cultura para captação de verbas. Não há data de começo da execução das obras, pois tudo dependerá do levantamento de recursos. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Atualmente, o prédio da Macrs fica hoje no 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana, no Centro Histórico de Porto Alegre. O acervo do local tem cerca de 1,2 mil obras. Mesmo com a inauguração da nova sede, o museu permanecerá com sua posição na Casa de Cultura. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/11/14/206x137/1_galeria_mamute__emanuel_monteiro___leilao_macrs_2019-8901804.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5dcd7028546a3', 'cd_midia':8901804, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/11/14/galeria_mamute__emanuel_monteiro___leilao_macrs_2019-8901804.jpg', 'ds_midia': 'Obra de Emanuel Monteiro será uma das arrematadas no leilão.', 'ds_midia_credi': 'MACRS/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Obra de Emanuel Monteiro será uma das arrematadas no leilão.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '529', 'align': 'Left'}
Obra de Emanuel Monteiro será uma das oferecidas no remate. Divulgação/JC
O leilão terá 100% das receitas revertidas para a construção do museu. "Questionados se exigiriam alguma contrapartida pelas doações, todos os artistas negaram qualquer oferta", ressaltou Carvalho, que destacou a relevância cultural do projeto "para as futuras gerações" do Rio Grande do Sul.
O catálogo de obras que serão ofertadas pode ser acessado aqui. Os interessados em participar do evento devem se cadastrar previamente pelo número (51) 99114 2033.
Comentários CORRIGIR TEXTO