Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de novembro de 2019.
Dia do Inventor.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Artes visuais

Edição impressa de 04/11/2019. Alterada em 04/11 às 03h00min

Porto Alegre e Florianópolis recebem 1ª Bienal Afro no Sul

Com o tema 'Mulheres (in)visíveis', evento apresenta obras como aquarela 'Agbê'

Com o tema 'Mulheres (in)visíveis', evento apresenta obras como aquarela 'Agbê'


ILANA PATERMAN/DIVULGAÇÃO/JC
O Instituto Black Brazil Art, em colaboração com os governos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, apresenta a 1ª Bienal Black Brazil Art, de terça-feira (5/11) até fevereiro de 2020. O tema desta edição é Mulheres (in)visíveis.
O Instituto Black Brazil Art, em colaboração com os governos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, apresenta a 1ª Bienal Black Brazil Art, de terça-feira (5/11) até fevereiro de 2020. O tema desta edição é Mulheres (in)visíveis.
Com entrada franca, o evento reúne mais de 300 obras de 150 artistas plásticos de todo o País, que serão apresentadas em Porto Alegre e Florianópolis. O acervo exposto em diversos museus e galerias inclui pinturas, esculturas, vídeo arte, instalações, entre outros trabalhos. Mesas de debate, intervenções e performances também estão na agenda das duas cidades. A bienal tem curadoria da museóloga porto-alegrense Patricia Brito. Mais informações no link bit.ly/bienalblack.
Na capital gaúcha, as exposições se desenvolvem em sete espaços culturais: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Memorial do RS, Fotogaleria Virgílio Calegari Casa de Cultura Mario Quintana, Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa, Museu Julio de Castilhos, Museu da Ufrgs e Aberto Caminho de Artes. Estão previstas também intervenções artísticas no Instituto Federal da Restinga, Quilombo do Areal e Vila Flores. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia