Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

música

- Publicada em 03h42min, 13/09/2019. Atualizada em 03h00min, 13/09/2019.

Projeto Concha recebe a baiana Lívia Nery neste sábado

Ela apresenta o show do álbum Estranha melodia no Agulha

Ela apresenta o show do álbum Estranha melodia no Agulha


CAROLINE BITTENCOURT/DIVULGAÇÃO/JC
A cantora e compositora baiana Lívia Nery é a principal figura da edição de setembro do Projeto Concha 2019. Ela apresenta o disco de estreia Estranha melodia neste sábado, às 21h, no Agulha (Conselheiro Camargo, 300). É possível adquirir ingressos (entre R$ 15,00 e R$ 60,00) pelo site Sympla ou na bilheteria do local. Há opção de entrada solidária, mediante a doação de 1kg de alimento. Recém lançado pelo selo independente Máquina de Louco, ligado à banda BaianaSystem, Estranha melodia foi produzido pela própria Lívia Nery, ao lado do artista Curumin. Nas 13 faixas, a dupla constrói uma mistura ao mesmo tempo orgânica e experimental, que aproxima a sonoridade de um Brasil interiorano com elementos sintetizados típicos da estética urbana. O disco será a base do repertório do show no Agulha, com abertura a cargo das DJs Silvia Pont e Loba Boss.
A cantora e compositora baiana Lívia Nery é a principal figura da edição de setembro do Projeto Concha 2019. Ela apresenta o disco de estreia Estranha melodia neste sábado, às 21h, no Agulha (Conselheiro Camargo, 300). É possível adquirir ingressos (entre R$ 15,00 e R$ 60,00) pelo site Sympla ou na bilheteria do local. Há opção de entrada solidária, mediante a doação de 1kg de alimento. Recém lançado pelo selo independente Máquina de Louco, ligado à banda BaianaSystem, Estranha melodia foi produzido pela própria Lívia Nery, ao lado do artista Curumin. Nas 13 faixas, a dupla constrói uma mistura ao mesmo tempo orgânica e experimental, que aproxima a sonoridade de um Brasil interiorano com elementos sintetizados típicos da estética urbana. O disco será a base do repertório do show no Agulha, com abertura a cargo das DJs Silvia Pont e Loba Boss.
O Projeto Concha deste ano conta com o patrocínio do Natura Musical e promove, além de apresentações de cantoras e compositoras brasileiras, uma residência artística de 15 artistas, que ocorre de abril a dezembro.
Comentários CORRIGIR TEXTO