Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Edição impressa de 06/09/2019. Alterada em 06/09 às 03h00min

DJ Piá comemora três décadas de carreira no Teatro do Sesc

Artista relembra histórias de sua vida como DJ, rapper e comunicador de rádio

Artista relembra histórias de sua vida como DJ, rapper e comunicador de rádio


BILLY VALDEZ/DIVULGAÇÃO/JC
Comemorando 30 anos de carreira, o DJ Piá promete uma experiência multimídia a quem comparecer ao Teatro do Sesc Centro (Alberto Bins, 665) neste sábado, às 19h. O show O terceiro mundo contra ataca tem direção de Eduardo Kraemer, e deve contar com as presenças especiais de Ted, integrante da dupla de dança de rua Hackers Crew, e do DJ Tiago TR. Os ingressos, a R$ 20,00 e com opções de meia entrada, estarão disponíveis no local.
Comemorando 30 anos de carreira, o DJ Piá promete uma experiência multimídia a quem comparecer ao Teatro do Sesc Centro (Alberto Bins, 665) neste sábado, às 19h. O show O terceiro mundo contra ataca tem direção de Eduardo Kraemer, e deve contar com as presenças especiais de Ted, integrante da dupla de dança de rua Hackers Crew, e do DJ Tiago TR. Os ingressos, a R$ 20,00 e com opções de meia entrada, estarão disponíveis no local.
A proposta do show é intercalar música e momentos de conversa com a plateia, realçando a trajetória do artista e a sua obstinação em dar voz ao hip-hop na periferia da Capital e de potencializar DJs locais. No palco, Piá vai relembrar histórias de sua vida como DJ, rapper e comunicador de rádio, além de traçar um percurso histórico desde os primórdios da black music no Brasil. O artista é um dos percursores do movimento hip-hop no Estado, atuando desde a primeira metade dos anos 1980.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia