Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 25 de agosto de 2019.
Dia do Soldado.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

25/08/2019 - 18h35min. Alterada em 25/08 às 18h35min

Concorrência internacional para revitalizar Usina do Gasômetro será lançada nesta segunda

Usina, fechada desde novembro de 2017, está dentro de pacote de revitalização da orla

Usina, fechada desde novembro de 2017, está dentro de pacote de revitalização da orla


MARCO QUINTANA/JC
Uma das revitalizações de prédios históricos mais aguardadas em Porto Alegre terá um passo importante a partir desta segunda-feira (26). A prefeitura lança o edital de concorrência pública internacional para contratar a execução das obras da Usina do Gasômetro, na orla do Guaíba.
Uma das revitalizações de prédios históricos mais aguardadas em Porto Alegre terá um passo importante a partir desta segunda-feira (26). A prefeitura lança o edital de concorrência pública internacional para contratar a execução das obras da Usina do Gasômetro, na orla do Guaíba.
O local está fechado desde novembro de 2017. O projeto prevê recuperação, qualificação e modernização e compõe a requalificação da orla, que já teve concluída a primeira etapa, até a Rótula dos Cuias. O município terá de agilizar o uso dos R$ 12,5 milhões do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) previstos para o projeto, devido a prazos.
O projeto tem aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae) e Conselho do Patrimônio Histórico Cultural da Secretaria Municipal da Cultura(Compahc), informou o município.
No começo de julho, foi liberado o Plano de Prevenção Contra Incêndio da usina pelo Corpo de Bombeiros. O trâmite era um dos principais empecilhos para fazer avançar a revitalização do prédio histórico. “Daqui para frente posso correr contra o relógio”, havia dito o secretário da Cultura do município, Luciano Alabarse, em entrevista do Jornal do Comércio. Na época, o secretário não tinha ideia de data para o edital.
O prazo para usar os recursos da Corporação Andina de Fomento (CAF) para a revitalização deve findar em agosto de 2020
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia