Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 20 de agosto de 2019.
Dia do Maçom.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

artes cênicas

Edição impressa de 20/08/2019. Alterada em 20/08 às 03h00min

Espetáculo Os mamutes realiza apresentações na Sala Álvaro Moreyra

Os Mamutes segue em cartaz na Sala Álvaro Moreyra

Os Mamutes segue em cartaz na Sala Álvaro Moreyra


JUNIÊ CONCEIÇÃO/ESPECIAL/SMC-PMPA/JC
Como parte do projeto Novas Caras, a Sala Álvaro Moreyra, do Centro Municipal de Cultura (Érico Veríssimo, 307), recebe, hoje e na próxima terça-feira, o espetáculo teatral Os mamutes. Fazendo uso de uma estética exagerada, tanto no roteiro quanto no visual, a encenação usa elementos alegóricos para questionar uma sociedade doente. A peça começa sempre às 20h, com ingressos a R$ 30,00 (com opções de meia-entrada) disponíveis, uma hora antes do espetáculo, na bilheteria do local.
Como parte do projeto Novas Caras, a Sala Álvaro Moreyra, do Centro Municipal de Cultura (Érico Veríssimo, 307), recebe, hoje e na próxima terça-feira, o espetáculo teatral Os mamutes. Fazendo uso de uma estética exagerada, tanto no roteiro quanto no visual, a encenação usa elementos alegóricos para questionar uma sociedade doente. A peça começa sempre às 20h, com ingressos a R$ 30,00 (com opções de meia-entrada) disponíveis, uma hora antes do espetáculo, na bilheteria do local.
Escrito por Jô Bilac, Os mamutes conta a trajetória de Leon, uma figura em busca de emprego em uma empresa de fast-food que produz hambúrgueres de carne humana. Para ser contratado, Leon precisa abater um "mamute" - no caso, uma pessoa considerada sem valor.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia