Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de agosto de 2019.
Dia do Filósofo.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

CINEMA

Edição impressa de 16/08/2019. Alterada em 16/08 às 03h00min

Festival de Gramado começa nesta sexta-feira na Serra

Premiado em Cannes, 'Bacurau' será o filme de abertura do tradicional evento da sétima arte no Estado

Premiado em Cannes, 'Bacurau' será o filme de abertura do tradicional evento da sétima arte no Estado


VICTOR JUCÁ/DIVULGAÇÃO/JC
A abertura oficial do 47º Festival de Cinema de Gramado ocorre nesta sexta-feira (16), às 16h, na Rua Coberta da cidade. Além da presença das autoridades, a cerimônia terá apresentação da Orquestra Sinfônica de Gramado.
A abertura oficial do 47º Festival de Cinema de Gramado ocorre nesta sexta-feira (16), às 16h, na Rua Coberta da cidade. Além da presença das autoridades, a cerimônia terá apresentação da Orquestra Sinfônica de Gramado.
Na sequência, às 18h, a primeira exibição da edição deste ano tem como atração o filme Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, premiado em Cannes em 2019. A projeção com audiodescrição e legenda descritiva ocorre no Palácio dos Festivais. Contando com a grande estrela Sonia Braga, uma equipe de 30 pessoas (entre elenco e técnicos) é esperada na Serra para apresentar sua produção.
O longa tem sessões de pré-estreia por todo o País neste sábado (17), incluindo cinemas de Porto Alegre. Tendo Udo Kier no elenco, a obra mostra Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, sumindo misteriosamente do mapa em um futuro recente. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?
Quem inaugura a competição na noite de sexta-feira (16) é o longa O homem cordial, de Brasília, dirigido por Iberê Carvalho e estrelado por Paulo Miklos. Na faixa das 20h45min, o título será precedido pelo gaúcho A pedra, de Iuli Gerbase, abrindo a mostra competitiva nacional de produções em curta-metragem. Ambos também contam com recursos de acessibilidade.
Outra produção local será exibida na noite de sábado (17). Raia 4, de Emiliano Cunha, é o representante do Rio Grande do Sul entre os longas brasileiros. As exibições dos estrangeiros se iniciam no mesmo dia, com o equatoriano A son of man - La maldición del tesoro de Atahualpa, de Jamaicanoproblem. Antes, às 20h30min, a atriz e realizadora Carla Camurati será homenageada com o Troféu Eduardo Abelin.
Nas tardes de sábado (17) e domingo (18), no Palácio dos Festivais, ocorrem as projeções dos concorrentes à Mostra Gaúcha de Curtas - Prêmio Assembleia Legislativa. Os vencedores serão conhecidos em cerimônia de premiação na noite de domingo (18), após a sessão especial de Legalidade, de Zeca Brito, em homenagem póstuma a Leonardo Machado. Falecido depois do evento do ano passado, o ator, que era apresentador do festival desde 2010, interpretou Leonel Brizola, protagonista do longa.
Mais sobre a programação do evento em https://www.festivaldegramado.net.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia