Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de julho de 2019.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Edição impressa de 10/07/2019. Alterada em 10/07 às 03h00min

Documentário gaúcho 'O método' estreia no Canal Curta!

Uma das particularidades da obra é a gravação de uma das últimas entrevistas de Eduardo Coutinho

Uma das particularidades da obra é a gravação de uma das últimas entrevistas de Eduardo Coutinho


CANAL CURTA!/DIVULGAÇÃO/JC
Com a proposta de investigar o processo de trabalho de documentaristas, a produção gaúcha O método estreia nesta quarta-feira (10) no Canal Curta!, às 21h30min. Uma das particularidades da obra é a gravação de uma das últimas entrevistas da grande referência do gênero no Brasil, Eduardo Coutinho, que morreu em 2014. Reprises na quinta-feira, à 1h30min e às 15h30min; na sexta-feira, às 9h30min, e no domingo, às 22h30min.
Com a proposta de investigar o processo de trabalho de documentaristas, a produção gaúcha O método estreia nesta quarta-feira (10) no Canal Curta!, às 21h30min. Uma das particularidades da obra é a gravação de uma das últimas entrevistas da grande referência do gênero no Brasil, Eduardo Coutinho, que morreu em 2014. Reprises na quinta-feira, à 1h30min e às 15h30min; na sexta-feira, às 9h30min, e no domingo, às 22h30min.
Ao lado de Liliana Sulzbach, o filme é dirigido pelo professor Carlos Roberto Franke, em que ao longo de um ano entrevistou documentaristas alemães e brasileiros para o seu trabalho de pós-doutorado. A proposta do filme é revelar quais as ferramentas que são utilizadas na arte e no ofício de representar a realidade por estes realizadores. Os dois diretores buscaram trazer experiências e visões de mundo bastante diversas, em que descrevem o rigor formal da diretora alemã Kerstin Stutterheim à generosidade de Coutinho em explicar seu método de entrevistar, ouvir e pensar um filme, bem como do caráter investigativo de Bertram Verhaag e Inge Altemeier e da visão política de Joachim Tschirner, entre outros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia