Porto Alegre, terça-feira, 28 de julho de 2020.
Dia do Agricultor .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 28 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

LITERATURA

- Publicada em 00h43min, 04/07/2019. Atualizada em 00h43min, 04/07/2019.

Atividades culturais em Porto Alegre lembram a obra de José Saramago

Curso na Livraria Taverna investiga obra do autor português

Curso na Livraria Taverna investiga obra do autor português


/TAVERNA/DIVULGAÇÃO/JC
No próximo fim de semana, um dos maiores escritores em língua portuguesa da história, vencedor dos prêmios Nobel e Camões de Literatura, será lembrado em três atividades culturais na capital dos gaúchos. Já nesta sexta-feira (5), o autor português José Luís Peixoto e Pilar del Río, presidenta da Fundação José Saramago, estarão na Pucrs para um encontro sobre a vida, a obra e o legado de Saramago. 
No próximo fim de semana, um dos maiores escritores em língua portuguesa da história, vencedor dos prêmios Nobel e Camões de Literatura, será lembrado em três atividades culturais na capital dos gaúchos. Já nesta sexta-feira (5), o autor português José Luís Peixoto e Pilar del Río, presidenta da Fundação José Saramago, estarão na Pucrs para um encontro sobre a vida, a obra e o legado de Saramago. 
Gratuito e aberto ao público, o evento é uma parceria da universidade com a TAG - Experiências Literárias, marcando o lançamento do livro Autobiografia, escrito por Peixoto especialmente para comemorar os cinco anos da TAG. A obra será enviada para cerca de 30 mil assinantes de todo o País através do Kit Curadoria de julho. 
Com mediação de Paulo Ricardo Kralik, professor na Escola de Humanidades, o debate acontece às 19h30min de sexta-feira, no auditório do prédio 9 da Pucrs (Ipiranga, 6.681). Senhas começam a ser distribuídas uma hora antes do início do bate-papo. 
Em Autobiografia, José Luís Peixoto faz uma construção metaliterária. O livro se passa na Lisboa da década de 1990, quando é acompanhada a trajetória de um jovem escritor que vê seus caminhos se cruzarem com Saramago. Nasce, então, uma história na qual a realidade e a ficção se combinam num jogo de espelhos que coloca em evidência os desafios maiores da escrita.
No sábado, às 17h, o Farol Santander Porto Alegre (Sete de Setembro, 1.028) inaugura exposição Saramago - Os pontos e a vista, apresentada pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet e com curadoria de Marcello Dantas. Por meio de projeções e objetos pessoais, a mostra cria uma vivência singular a partir do ponto de vista do escritor, contando com mobiliários e acessórios originais, como cama, óculos e a lupa do autor, nunca expostos antes, cedidos temporariamente pela Fundação Saramago.
A base da pesquisa foi o extenso acervo de imagens e depoimentos captados por Miguel Gonçalves Mendes para o filme José e Pilar (2010). A interatividade também permite ao público levar duas páginas do livro A viagem do elefante (2008), impressas em mimeógrafo.
Com uma expografia que aproxima o público do escritor, a mostra apresenta as reflexões profundas de Saramago sobre as condições humanas e as relações de poder, temas que permeiam sua criação literária. "Sua trajetória errante e inquieta, desde o nascimento em Azinhaga até a morte em Lanzarote, é o objeto desta exposição. O que nos interessa é o cidadão, o observador, o amante, o solidário, o seu humor. José tinha uma dimensão desproporcional: uma vida em que sua estatura, seja física, intelectual ou cívica, sempre contrastou com os ambientes em que esteve", afirma o curador Marcello Dantas.
Com mil metros quadrados de área expositiva, a exposição é composta e estruturada por 15 vídeos e um projeto expográfico que se desenvolve de forma modular, com uma pequena ambientação para cada vídeo. Além dos 14 módulos, uma cronobiografia de Saramago ainda contextualiza os acontecimentos de sua vida com relação à sua produção literária, sendo composta por textos, fotos, livros e vídeos referenciais. 
A abertura é somente para convidados. A visitação para o público em geral começa no domingo e vai até 29 de setembro, de terça-feira a sábado, das 10h às 19h, e nos domingo e feriados, das 10h às 17h, com ingressos a R$ 10,00. O último domingo de cada mês tem gratuidade para todos os espectadores. Agendamentos para turmas de redes de ensino podem ser feitos pelo e-mail farolsantanderpoa@santander.com.br ou pelo telefone (51) 3287-5801. 
A terceira opção do circuito cultural porto-alegrense para se aproximar do legado de Saramago é um curso ministrado pela doutora em Teoria da Literatura Gabriela Silva, na Livraria Taverna (Fernando Machado, 370), a partir de sábado, às 10h, focado em suas obras fundamentais. A versatilidade e a lucidez do autor serão investigadas pela escritora e pesquisadora ao longo de seis encontros, através da leitura de seus romances. 
Até a publicação desta reportagem, restavam poucas vagas para as aulas, com investimento de R$ 280,00 (à vista) a R$ 300,00. O formulário das inscrições estão disponíveis em https://bit.ly/CursoSaramago. Mais informações, contatar a livraria pelo e-mail contato@livrariataverna.com.br ou pelo telefone (51) 3221-2510.
Comentários CORRIGIR TEXTO