Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 02 de fevereiro de 2019.
Nossa Senhora dos Navegantes (feriado em Porto Alegre). Dia do Agente Fiscal.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Música

Alterada em 02/02 às 18h51min

Festival de música em Gramado deve atrair 100 mil pessoas

 Gramado in Concert leva música a pontos tradicionais da cidade, como a rua coberta

Gramado in Concert leva música a pontos tradicionais da cidade, como a rua coberta


THIAGO COPETTI/ESPECIAL/JC
Thiago Copetti
O turismo embalado pela música vem ajudando a movimentar as economias de diferentes cidades gaúchas. Atrair visitantes por meio de um festival, dos mais diferentes estilos musicais, é uma festa para hotéis e restaurantes, especialmente, mas que respinga também em diferentes setores de comércio e serviços (como de transporte), e nos cofres púbicos, com incremento na arrecadação de impostos.
No Rio Grande do Sul, há bons exemplos de como o turismo musical pode ser um atrativo para grandes e pequenos municípios. Mesmo em Gramado, por exemplo, cidade onde atrativos naturais e de lazer, serviços e gastronomia não faltam, a música passou a colaborar para o incremento de visitantes. Até o dia 9 de fevereiro, o município da Região das Hortênsias espera receber 100 mil pessoas com 40 apresentações gratuitas de música erudita sob a batuta do Gramado in Concert, que teve início nesta sexta-feira.
De acordo com o secretário de Cultura da cidade, Allan Lino, o festival reúne músicos, professores e estudantes de 20 estados e quatro continentes, com representantes da Hungria, da França, da Alemanha, do Chile e da Coreia do Sul. De uma média de 400 a 500 mil turistas que visitam Gramado em fevereiro, cerca de 25% do público está na cidade para o evento, diz Lino.
"Especialmente, a partir de 2014, passamos a atrair mais turistas. São pessoas que já apreciam esse estilo de música ou têm curiosidade de conhecer melhor. É um público que busca uma gastronomia mais refinada, uma hospedagem de excelência e tem um tíquete médio de gastos de maior valor", explica o secretário.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia