Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 11 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Cinema

Edição impressa de 11/01/2019. Alterada em 11/01 às 01h00min

Romance sobre um amor de verão é tema de novo filme de Abbas Fahdel

Novo filme do realizador iraquiano Abbas Fahdel, Yara foi exibido na competição principal do Festival de Locarno do último ano e no Mar Del Plata International Film Festival, entre outros. O romance é um conto sobre um amor de verão. 
Em uma fazenda isolada no Vale de Qadisha (Norte do Líbano), moram a jovem Yara e sua avó. A maioria dos antigos habitantes da vila já se mudou ou faleceu. Um dia, Yara conhece o jovem andarilho Elias, meio perdido, que passa pela fazenda. Imediatamente, ela trava amizade com ele. Entre dias lindos e quentes, cuidando das cabras, alimentando as galinhas, lavando roupa, tomando sol, Yara descobre a paixão.
Diretor de cinema, roteirista e crítico de cinema franco-iraquiano, Abbas Fahdel nasceu no Iraque. Morou na França desde os 18 anos, estudou cinema na Universidade de Sorbonne até o doutorado. Em janeiro de 2002, ele retornou ao Iraque com um passaporte francês e filmou o documentário Back to Babylon. Seu segundo documentário, We Iraqis, foi lançado em 2004. 
Em 2008, dirigiu o longa-metragem Dawn of the worldHomeland: Iraque ano zero, um documentário de 334 minutos, dividido em duas partes, foi lançado em 2015 e recebeu diversos prêmios.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia