Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 09 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Alterada em 09/12 às 09h35min

Roberto Carlos atrai público de 18 mil pessoas em show na Arena do Grêmio

Cantor apostou em músicas de sucesso e contou a origem de várias canções

Cantor apostou em músicas de sucesso e contou a origem de várias canções


MARIANA CARLESSO/JC
Lívia Rossa
Após dois anos longe da Capital gaúcha, o ícone da música brasileira Roberto Carlos voltou a Porto Alegre em apresentação na Arena do Grêmio, transformada em anfiteatro, na noite deste sábado (8). Com público estimado em 18 mil pessoas, o Rei alternou as 21 músicas do show entre sons calmos e também baladas. Embora tenha lançado recentemente seu álbum de número 33 com algumas canções em espanhol, ele deu preferência às canções já conhecidas em português.
Antes da apresentação começar, a plateia já demonstrava animação, e batia palmas pedindo a entrada do cantor. Roberto Carlos entrou no palco pouco após as 21h30min, já soltando a frase “quando eu estou aqui”, da música Emoções, e provocando o aplauso imediato da plateia, que mesmo formada em grande parte por maiores de 60 anos, cantava a plenos pulmões junto com o artista. Tocado, ele  agradeceu aos admiradores: “obrigado por esse carinho, esse amor”, disse.
Na sequência vieram as músicas Como vai você, Além do horizonte e Ilegal, imoral ou engorda. Em conversa com o público, o Rei contou que a música Você em minha vida foi baseada em uma letra do cantor norte-americano Frank Sinatra. Detalhes foi a canção seguinte, e após, Desabafo, quando, para descontrair com os fãs, o músico conversou sobre a letra da composição, na qual o personagem reclama que as coisas ocorrem como a outra pessoa quer, referindo-se às mulheres. “Nós caras sabemos que é como elas querem". "Nestes meus mais de 35 anos de experiências, é assim que dá certo, não dá pra discutir”, brincou. A música seguinte seria Outra Vez.
Embalado nas vivências pessoais, em Lady Laura, dedicada à sua mãe, o ícone disse que compôs a música há muitos anos com alegria e amor, mas confessou que “a alegria quando canto essa canção hoje é zero”, referindo-se à morte de Lady Laura, aos 96 anos, ocorrida em abril de 2010.
A próxima música escolhida por Roberto Carlos foi Nossa senhora, mais calma, que iria contrastar com a animada Calhambeque, logo a seguir. O cantor ainda descontraiu: “Com a Lei Seca melhor não tomar um”. Que vá tudo para o Inferno veio em seguida.
Dizendo à plateia “tem dias que olho para a plateia e tenho vontade de cantar para alguém especial”, o cantor iniciou Olha e depois Sua estupidez.
A música Mulher pequena foi animada com os gestos e expressões que Roberto Carlos fez enquanto cantava, dando a impressão de que ele estava realmente se divertindo no momento, e após ele cantou Não vou ficar.
Um dos momentos em que o músico mais falou foi durante a explicação da música Sereia, composição realizada a pedido da amiga Glória Perez para a novela Força do Querer, da Rede Globo. Para os fãs, reproduziu o diálogo com a autora: “Glória, eu não sei fazer música sob encomenda, nunca pensei em sereia na minha vida”. Ao descobrir que a atriz Isis Valverde seria a protagonista da produção televisiva, no entanto, o Rei teria composto a música em cinco dias.
Nessa hora, ele aproveitou para contar sobre a parceria que fez com Jeniffer Lopez em dueto cantado em espanhol na música Chegaste. A próxima música foi Se você Pensa.
Encaminhando-se para o final do show, Roberto Carlos apresentou a banda que arriscou dizer que tem os músicos que estão entre os melhores do mundo. “Quando escolho o melhor pra mim, estou escolhendo o melhor para vocês”, afirmou.
Em Este cara sou eu, o cantor disse que “o cara que todas as mulheres querem ter, os homens querem ser, o cara que eu tento ser”. A romântica Como é grande o meu amor por você foi a penúltima música, e, por fim, Jesus Cristo encerrou o show com o momento já esperado, em que o artista distribui flores, após beijá-las, para as fãs. “Eu amo vocês”, disse Roberto.
No próximo ano, o Rei deve embarcar para os Estados Unidos, onde faz sua primeira turnê em cinco anos e passa por cidades como Miami, Nova Iorque, Houston e Boston. Após, deve se apresentar na Europa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia