Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de novembro de 2018.
Dia do Técnico de Segurança do Trabalho. Dia Internacional de Combate ao Câncer.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 27/11/2018. Alterada em 27/11 às 01h00min

Exposição sobre o arquétipo do ser gaúcho abre nesta terça no Margs

Em Encarnação, obras do artista alemão Ottjörg A.C realizam o arquétipo da encarnação do gaúcho

Em Encarnação, obras do artista alemão Ottjörg A.C realizam o arquétipo da encarnação do gaúcho


MARGS/DIVULGAÇÃO/JC
Abordando o arquétipo do ser gaúcho, o alemão Ottjörg A.C. inaugura Encarnação. A exposição abre nesta terça-feira (27) no Margs (Praça Alfândega, s/nº), às 19h, e segue aberta gratuitamente até 27 de janeiro de 2019. A palavra que dá nome ao trabalho apresenta diferentes sentidos. O artista propõe algumas modalidades de manifestação estética, num diálogo com o contexto brasileiro, interpelando o espectador rio-grandense. Com obras como Marca urbana, ele realiza o arquétipo da encarnação do ser gaúcho, através de transfigurações da castração e marcação de potros.
Dentro do espaço expositivo, o artista cria trabalhos em suportes diversos. Há, por exemplo, um desenho de touro, da série Azul da Prússia, que é realizada com sangue oxidado de gado alemão. Ou ainda Imagine there is no rhino, obra em que a temática é tratada pela via do absurdo. Há também uma instalação, um misto de estúdio fotográfico e de sala de interrogatório, que busca convidar o espectador a entrar e participar do ritual de um matadouro, lugar por excelência em que a vida se transforma em carne - analogia com a produção em série.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia