Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Edição impressa de 01/08/2018. Alterada em 01/08 às 01h00min

Martim César lança novo livro de contos

Martim César autografa amanhã seu novo livro

Martim César autografa amanhã seu novo livro


ELIS VASCONCELLOS/DIVULGAÇÃO/JC
Vencedor do último Prêmio Açorianos de Música com o CD Doze Cantos Ibéricos & Uma canção brasileira (que lançou em 2017 com o cantor Marco Aurélio Vasconcellos e o instrumentista Marcello Caminha) como melhor disco regional, o escritor, poeta e músico Martim César apresenta seu novo livro de contos. A sessão de autógrafos de Sangradouro (Movimento, 168 págs.) ocorre amanhã, a partir das 18h, na Livraria Letras&Cia do Shopping Paseo (Wenceslau Escobar, 1.823). Com entrada franca, o evento contará com apresentação de artistas convidados, como os músicos Marco Aurélio Vasconcellos, Chico Saratt, Náufragos Urbanos e Marcello Caminha.
Sangradouro traz como pano de fundo a história do Rio Grande do Sul, o imaginário fronteiriço e o tempo das charqueadas. A publicação, que conta com comentários dos jornalistas Juremir Machado da Silva e Juarez Fonseca, é uma edição ampliada da anterior Sob a luz de velas. Agora, os textos vêm mais trabalhados e com algumas variações. O autor busca retratar um pouco do lugar híbrido e mestiço em que habita essa região de intersecção cultural, com suas singularidades e com seu pano de fundo mítico e histórico.
Nascido em Jaguarão, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, Martim César é autor de seis livros de poesia e contos. Foi vencedor por duas vezes do prêmio Rua dos Cataventos da Sociedade Mario Quintana de Poesia e ganhou mais de 30 festivais de músicas no Estado e mais de 10 nacionais. Possui algo em torno de 70 premiações paralelas, incluindo melhor poesia, melhor letra e melhor tema social em diversos festivais. O poema épico Gaúchos, a epopeia dos párias, de sua autoria, está em fase de publicação. Além disso, o artista tem dois CDs em fase de gravação: Além das cercas de pedra e Náufragos urbanos 2 - Relógios de areia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia