Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Dia da Indústria Gráfica.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de junho de 2020.
Notícia da edição impressa de 24/06/2020.
Alterada em 24/06 às 03h00min
CORRIGIR

Reforma tributária

Deputado federal gaúcho Alceu Moreira avalia que "as reformas estão maduras para serem votadas".

Deputado federal gaúcho Alceu Moreira avalia que "as reformas estão maduras para serem votadas".


fotos: LUIZA PRADO/JC
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), espera que o texto da reforma tributária esteja pronto para ser votado pela comissão especial que analisa a matéria e pelo plenário na segunda quinzena de agosto. O presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), deputado federal gaúcho Alceu Moreira (MDB) tem a mesma posição. "As reformas estão maduras para serem votadas." Segundo o presidente da Câmara, a reforma é uma peça-chave para a retomada econômica do País no período de pós-pandemia e vai melhorar o ambiente de negócios.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), espera que o texto da reforma tributária esteja pronto para ser votado pela comissão especial que analisa a matéria e pelo plenário na segunda quinzena de agosto. O presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), deputado federal gaúcho Alceu Moreira (MDB) tem a mesma posição. "As reformas estão maduras para serem votadas." Segundo o presidente da Câmara, a reforma é uma peça-chave para a retomada econômica do País no período de pós-pandemia e vai melhorar o ambiente de negócios.

Entendimento consolidado

Na avaliação de Rodrigo Maia, já há um entendimento consolidado sobre a importância da simplificação do sistema tributário e da garantia de segurança jurídica para gerar mais competitividade das empresas brasileiras.

Esforço para a retomada

"Vamos precisar de esforços de todos os poderes para a retomada, mas a reforma tributária é uma peça chave para que as condições de competitividade possam aumentar. Sou otimista em relação à tributária", assinalou Maia. Destacou que os secretários estaduais de fazenda apresentaram uma proposta que será analisada pelos parlamentares com cuidado. O atual sistema tributário é injusto por tributar mais bens e serviços e, essa lógica, segundo Rodrigo Maia, prejudica a base da sociedade.

Renda maior, mais contribuição

"Sem falar sobre as deduções do imposto de renda; 70% delas ficam com quem ganha mais do que R$ 33 mil". Na opinião de Maia, "quem tem renda maior deve contribuir mais".

Reforma administrativa

Rodrigo Maia voltou a defender a necessidade de outras reformas para melhorar o gasto público no País. Segundo ele, "a reforma administrativa, que poderia valer para os novos servidores, vai ajudar a modernizar a economia brasileira". Maia vê nas reformas a possibilidade de lidar com o aumento do endividamento do País devido à pandemia, trazendo instrumentos para organizar a saída da crise.

Melhorar qualidade do gasto

Para o presidente da Câmara, "temos que melhorar a qualidade do gasto. Nossa discussão não é ampliar o estado ou reduzir. tamanho do estado já é grande, a gente tributa tanto e, continua com a sociedade reclamando da educação, da saúde, da segurança pública. Nosso primeiro desafio é melhorar a qualidade do gasto público".
Comentários
Edgar Lisboa
Edgar Lisboa
Notícias da capital federal e informações sobre projetos do Congresso Nacional e medidas do Palácio do Planalto, especialmente com interesse do Rio Grande do Sul estão na coluna Repórter Brasília. O jornalista Edgar Lisboa traz um resumo diário do que de mais importante acontece na tramitação do Legislativo e na movimentação da bancada federal gaúcha.