Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de agosto de 2018.
Dia do Controle de Poluição Industrial. Dia dos Pais.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Edgar Lisboa

Repórter Brasília

Edição impressa de 14/08/2018. Alterada em 13/08 às 22h23min

Ocupação de Brasília

A semana começou movimentada em Brasília, na manhã desta segunda feira, com a jornada de manifestações que petistas e simpatizantes pretendem fazer diante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na quarta-feira. As rodovias de acesso ao Plano Piloto de Brasília foram bloqueadas por um número estimado em 5 mil manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) interrompendo o tráfego, anunciando o grande protesto do dia 15 de agosto, com a finalidade de conseguir a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ou, no mínimo, o registro de sua candidatura a presidente da República.
Marcha organizada
A marcha sobre Brasília está sendo realizada por militantes organizados em cinco "colunas", como eles estão chamando as grandes unidades. Toda essa massa humana deverá convergir sobre Brasília para pressionar a Justiça a voltar atrás e anular as sentenças que botaram Lula na cadeia, tornando-o inelegível. Os militantes esperam que se repita no Brasil a histórica vitória dos sindicalistas argentinos - que, em 17 de outubro de 1945, reuniram 300 mil trabalhadores e suas famílias na Praça de Maio, em Buenos Aires, para protestar contra a prisão e a inelegibilidade do coronel Juan Domingo Perón a presidente da República. 
Dia da Lealdade
Na ocasião, atemorizado, o então presidente e general Edelmiro Julián Farrell mandou soltar Perón, e dali ele se foi para as eleições. Venceu. Por isso 17 de outubro é o Dia da Lealdade Peronista. No Brasil, os petistas pretendem criar uma data semelhante em 15 de agosto.
Proteção especial
Temendo violências, a própria direção regional do PT pediu às autoridades do Distrito Federal que providenciem proteção especial aos prédios públicos e monumentos, para evitar que sejam depredados por vândalos. Com isso, o PT afirma que seus militantes estarão pacificamente no setor de tribunais. É o que se espera.
Emendas parlamentares
O município de Tapera, de 11 mil habitantes, como todos os municípios brasileiros, também sente o peso da recessão econômica. O prefeito Volmar Helmut Kuhn (MDB) tem vindo a Brasília para tentar buscar um reforço de recursos ainda para este ano e para o próximo. Na Câmara dos Deputados, tenta programar com os parlamentares emendas para o município, cada vez mais importantes nessa crise. "O município tem problemas em todas as áreas. Cada vez nós temos menos recursos."
Nunca havia acontecido isso
"Para te citar um exemplo, no ano passado, ano em que eu assumi", explica Volmar Helmut Kuhn, "nós tínhamos um orçamento de R$ 35,5 milhões, e nós tivemos R$ 1,5 milhão a menos arrecadados. E neste ano não vai ser diferente, provavelmente nós vamos ficar R$ 2 milhões abaixo do previsto". Segundo o prefeito, nunca havia acontecido isso no município. "Em Tapera, eu fui vice-prefeito na administração anterior, e sempre nós tínhamos um superávit, um acréscimo no orçamento, de R$ 1,5 milhão, R$ 2 milhões", afirmou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia