Porto Alegre, terça-feira, 02 de novembro de 2021.
Dia de Finados.
Porto Alegre,
terça-feira, 02 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Arquitetura

- Publicada em 02/11/2021 às 22h20min.

Rio Grande terá concurso de arquitetura para projeto nos Molhes da Barra

Vagonetas são atração turística nos Molhes da Barra, em Rio Grande

Vagonetas são atração turística nos Molhes da Barra, em Rio Grande


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Escritórios de arquitetura de todo o país poderão apresentar projetos arquitetônicos para espaços de referência da história e cultura de cinco cidades gaúchas. Os concursos de arquitetura, um para cada projeto, serão lançados ainda em novembro na segunda etapa do Iconicidades, iniciativa do governo do Estado em parceria com as prefeituras de Cachoeirinha, Pelotas, Rio Grande, Santa Maria e São Leopoldo.
Escritórios de arquitetura de todo o país poderão apresentar projetos arquitetônicos para espaços de referência da história e cultura de cinco cidades gaúchas. Os concursos de arquitetura, um para cada projeto, serão lançados ainda em novembro na segunda etapa do Iconicidades, iniciativa do governo do Estado em parceria com as prefeituras de Cachoeirinha, Pelotas, Rio Grande, Santa Maria e São Leopoldo.
Em Rio Grande o projeto será para um complexo turístico e de preservação ambiental do espaço Molhes da Barra. Os Molhes da Barra são dois quebra-mares construídos com gigantescas pedras que avançam 4 km no Oceano, uma das maiores obras da engenharia marítima mundial, construída entre 1911 e 1915. Ainda naquela época, os moradores locais adaptaram velas às vagonetas (veículo artesanal de operação manual que circula sobre trilhos, utilizadas na obra) e começaram a realizar passeios, surgindo assim a atividade laboral dos vagoneteiros, considerados hoje como Patrimônios Artísticos e Culturais do Rio Grande do Sul.
A proposta da prefeitura é fortalecer o potencial turístico do local aliado à preservação ambiental e com espaço para os negócios locais. Com isso, desenvolver o empreendedorismo e a economia criativa da população do entorno, a atração de empresas ligadas ao ramo do turismo receptivo, a preservação do meio ambiente através da utilização desse sistema costeiro com espaço destinado a ações educativas, as atividades esportivas e de lazer e proporcionar uma infraestrutura mais adequada às atividades de pesca amadora e artesanal, já praticadas na região.
O projeto Complexo turístico e de preservação ambiental do espaço Molhes da Barra, em Rio Grande, tem o apoio de oito entidades locais: Universidade Federal do Rio Grande (Furg); Superintendência Dos Portos Do Rio Grande Do Sul; Sindicato Das Agências De Navegação Marítima do Estado do RR; Sindicato das Indústrias de Construção Civil do Rio Grande; Rede de Supermercados Guanabara; Câmara de Comércio de Rio Grande; Sindicato Rural do Rio Grande; Serviço Social do Comércio.
Para os profissionais da arquitetura, o governo prevê premiação dos três primeiros colocados em cada proposta, 15 ao todo. Serão R$ 10 mil ao terceiro lugar, R$ 15 mil para o segundo e R$ 20 mil aos vencedores de cada uma das cinco propostas, além do contrato para desenvolver e entregar o projeto completo ao município. O valor entre premiação e contratação dos projetos é de R$ 3,975 milhões.
Mais informações podem ser acessadas na página do programa Iconicidades.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO