Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 00h24min, 14/10/2020. Atualizada em 01h03min, 14/10/2020.

Fernanda Melchionna: Avançar para o Orçamento Participativo Deliberativo

Para entender o que esperar para o futuro do OP em Porto Alegre, a coluna perguntou a candidatos e candidatas se pretendem manter o Orçamento Participativo nas suas gestões.
Para entender o que esperar para o futuro do OP em Porto Alegre, a coluna perguntou a candidatos e candidatas se pretendem manter o Orçamento Participativo nas suas gestões.
Fernanda Melchionna (PSOL) cita o OP no programa de governo e apresenta proposta
Criará o Orçamento Participativo Deliberativo - conceitualmente, avança da participação popular à decisão efetiva sobre políticas públicas. “Desde que nasceu, o OP debate parte do orçamento. Queremos que seja deliberativo para debater o conjunto de prioridades”, explica. Para cumprir a promessa de governar com participação popular, Fernanda quer realizar um congresso da cidade para decidir o rumo da gestão, instituir a administração regional com representantes eleitos nas comunidades e garantir que secretários municipais despachem das periferias.
Comentários CORRIGIR TEXTO