Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Meio ambiente

- Publicada em 12h49min, 24/09/2020. Atualizada em 15h50min, 24/09/2020.

Projeto da Lomba do Pinheiro entrega mudas para hortas caseiras

Ação acontece no dia 26 de setembro e quer estimular a formação de hortas caseiras

Ação acontece no dia 26 de setembro e quer estimular a formação de hortas caseiras


Andrews de Oliveira/divulgação
O plantio orgânico em hortas caseiras e coletivas favorece a melhoria dos hábitos alimentares, trazendo benefícios para saúde física e mental e amenizando as tensões do dia-a-dia.
O plantio orgânico em hortas caseiras e coletivas favorece a melhoria dos hábitos alimentares, trazendo benefícios para saúde física e mental e amenizando as tensões do dia-a-dia.
Conscientes da importância desta prática, o Instituto Popular de Arte e Educação (IPDAE), localizado na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, vai distribuir mudas para a formação de hortas caseiras. A ação acontece neste sábado, dia 26 de setembro, em parceria com a Emater/RS e Ascar.
A entrega das mudas será na sede da entidade, na Estrada João de Oliveira Remião, 7193, das 9h30 às 12h. A entidade se compromete em respeitar o protocolo preconizado pela Organização Mundial de Saúde em de prevenção à Covid-19.
Segundo a coordenadora do IPDAE, a gestora Fátima Flores, o objetivo da ação é incentivar a sustentabilidade e oferecer alternativas para garantir uma alimentação mais saudável, estimulando as pessoas a retomar a prática de hortas caseiras.
“A proposta é estimular a produção de alimentos em pequenas hortas caseiras voltada para o consumo direto das famílias participantes, diminuindo os gastos com a aquisição de alimentos e aumentando a qualidade nutricional da alimentação dos envolvidos”, explica Fátima.
Serão entregues plantas de hortaliças e ervas medicinais adaptadas às condições climáticas da região. A ação busca atender, prioritariamente, pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social e comunidades indígenas da Lomba do Pinheiro. No dia, técnicos da Emater/RS e voluntários do IPDAE vão orientar sobre o correto plantio das mudas.
Sobre o IPDAE
O Instituto Popular de Arte-Educação é uma organização da sociedade civil sem fins econômicos e apartidária. Foi fundada em abril de 1998 e está localizada no bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. A instituição acredita no acesso à leitura, à música, à arte e à cultura como instrumentos mediadores na formação do indivíduo. Dessa forma, propõe atividades que possibilitam ao participante redimensionar e ampliar seus horizontes de vida, bem como desenvolver suas potencialidades latentes. Mantém, atualmente, a Biblioteca Leverdógil de Freitas (na sede e ramal), a Escola de Música, o Museu Comunitário da Lomba do Pinheiro e o Memorial da Família Remião.
Serviço
  • Quem: Instituto Popular de Arte e Educação - IPDAE e Emater/RS e Ascar
  • O Quê: Projeto Hortas Caseiras. Distribuição gratuita de mudas de hortaliças, plantas medicinais, aromáticas e condimentares
  • Onde: IPDAE (Estrada João de Oliveira Remião, 7193, Agronomia), Porto Alegre-RS
  • Quando: Dia 26 de setembro de 2020, sábado, das 9h30min às 12h
* Com informações de Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing
Comentários CORRIGIR TEXTO