Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Colunas

CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Edição impressa de 17/06/2019. Alterada em 17/06 às 03h00min

Queda na economia do País

Parece que só se lê notícia ruim para a economia do Brasil. É o caso da que diz que a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) caiu pela 15ª vez seguida (Jornal do Comércio, página 8, edição de 11 de junho de 2019). Dá um desânimo na gente. Fico ainda mais triste pelos meus filhos e os jovens que não estão vendo futuro no Brasil, menos ainda no Rio Grande do Sul. É mesmo muito triste. (Saul Nogueira, Porto Alegre)
Eleições
Começar a falar em eleições para prefeito que somente acontecerão no final de 2020 é um exagero. Vamos trabalhar e resolver os graves problemas que Porto Alegre tem. Os partidos só pensam em vencer e ter postos. Basta! (Lenilda Prado, Porto Alegre)
Placas de ruas
Porto Alegre está muito mal com as placas indicativas dos nomes de ruas. É raro se andar por quadras inteiras com todas as esquinas tendo as placas indicativas. A gente tem que ir perguntando. Também os números das casas e edifícios deveriam ser maiores e mais visíveis, pois são difíceis de serem vistos. Imagino o trabalho que os carteiros passam, diariamente, para localizar ruas e moradias. (Flávio Dalmolin de Carli, Porto Alegre)
Aeroporto
Querem que a empresa Fraport, que assumiu a administração do aeroporto Salgado Filho, seja responsável pela remoção das famílias que invadiram a área de extensão da pista, que permitirá, finalmente, o pouso e decolagem de aviões de carga de grande porte (Jornal do Comércio, 11/06/2019). Parece que a cidade tem um sapo gigante enterrado. Na verdade, tem sido muito mal administrada. Ruas e avenidas disputam o maior número de buracos, algumas crateras com carros caindo dentro. (Sérgio Becker, Porto Alegre)
Teto de gastos
A aprovação para o governo poder gastar mais R$ 248,9 bilhões, comprova na prática a morte da lei do Teto de Gastos, que já autoriza déficits de mais de R$ 100 bilhões anuais, e que nem assim este governo consegue cumprir. Aí se cria outro nome (suplementação de crédito, neste caso) para seguir gastando. O bonito é que a tal oposição (PT e cia.) se juntaram no acordão; e depois ainda ficam acusando o governo de neoliberal (neogastador seria o correto). Descontrole fiscal é problema nacional faz mais de 70 anos e não há perspectiva que isto vá mudar. (Rafael Alberti Cesa, Caxias do Sul/RS)
Lava Jato
Esta briga Sérgio Moro/Deltan Dallagnol e a oposição é como se o Coringa, o Charada e o Pinguim pedissem nulidade porque o Batman conversava com o comissário Gordon sobre os crimes que eles combatiam. (Cláudia Wild)
 
CORRIGIR