Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.
Porto Alegre,
quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.

Alterada em 02/12 às 20h52min

Advento, sinal de esperança

Por Dom Darley José Kummer, bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre.
Por Dom Darley José Kummer, bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre.
O Advento nos fala e nos envolve na esperança, que é a confiança em alguém que está por chegar - e nós podemos facilitá-la. Esta esperança vive em nosso coração como um desejo ardente, do qual não se pode falar, mas apenas sentir.
Nossa história pede um novo sentido a partir desta fé, desta esperança e desta confiança. A fé confia em Deus criador. A esperança confia a Deus salvador.
Por isso, precisamos neste tempo “tomar cuidado para que o nosso coração não fique insensível por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia repentinamente sobre nós.” (Evangelho de Lucas 21,34).
Estando a nossa frente este alerta, nós humanos tendemos a fugir de tudo aquilo que nos assusta ou simplesmente nos desloca. Somos convidados a despertar. Bem sabemos do perigo de vivermos distraídos, dispersos, perdidos nos afazeres cotidianos e ou sendo “copistas” de opinião.
O despertar requer atenção, consciência e nossa presença real, e é contrário à rotina, perturbação e à confusão mental e espiritual.
Precisamos ter nossos olhos abertos para além das preocupações cotidianas, para entrarmos em sintonia com a presença d’Aquele que vem sempre ao nosso encontro. Em meio a tudo isso, é preciso tomar cuidado com o “medo”, que pode nos paralisar pouco a pouco, aceitando as injustiças, intolerâncias e insensibilidades diante dos mais fracos e pobres, não tocando nosso bem-estar. Portanto, urge não nos deixarmos determinar pelas armadilhas do medo; e, para isso, precisamos invocá-Lo, dizendo: “Maranathá”, vem Senhor Jesus!
Tenhamos cuidado e sejamos generosos, para que se renove a esperança e a fé na vida. Mantenhamos acesa a certeza de que a comunidade global chegará a viver a paz; que estenderemos os braços uns aos outros com olhar cristalino e sentimentos divinizados, manifestando entre nós a poesia do encontro, pois o Menino Sagrado vem vindo, buscando morada entre nós neste Natal de 2021. Juntos, digamos: Vem Senhor Jesus, o mundo precisa mais de Tua presença!
Comentários CORRIGIR TEXTO
Dom Jaime Spengler
Dom Jaime Spengler
A Arquidiocese de Porto Alegre renova sua tradicional coluna no Jornal do Comércio, antes intitulada "A Voz do Pastor", e passa a chamá-la "Olhar da Fé", com publicação exclusiva na versão online do veículo. Todas as quintas-feiras, Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, ou um dos bispos auxiliares trarão a visão do sagrado sobre temas importantes para a sociedade.