Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

06/08/2019 - 17h25min.
Alterada em 06/08 às 17h29min
COMENTAR| CORRIGIR

Afinal, o que é vocação?

Por Dom Jaime Spengler, arcebispo metropolitano de Porto Alegre
A vocação é um fato muito pessoal. É a disposição natural e espontânea que orienta a pessoa no sentido de escolher uma específica forma de vida. Para quem a vive, sobretudo quando madura gradualmente através de variadas experiências, ela se torna algo integrante e integrador da pessoa. 
Com dificuldade, identificamos os elementos constitutivos de nosso ser. A vocação, sendo expressão de um trabalho de discernimento sobre aquilo que somos e por que o somos, entra no âmbito do mistério da existência humana. Por isso, nos encontramos numa espécie de desconforto quando precisamos definir o que seja vocação. 
A vocação possui muitos fatores espontâneos e pessoais difíceis de ser justificados: são elementos que formam e constituem a identidade da pessoa. Nós experimentamos isso quando somos desafiados a, em caso de dúvida, definir se uma pessoa possui essa ou aquela vocação. Não é fácil responder a essa questão.
Mesmo pessoas com grande experiência nesse campo encontram dificuldades para exprimir um juízo. Toca-se uma dimensão da existência humana onde somos confrontados com coisas que não se veem e não se podem facilmente enumerar e contar. São situações nas quais nós mesmos somos colocados em questão. O "fundo" da pessoa é aquilo que se é, é a identidade, e a vocação pertence a esta realidade pessoal. Quando se fala disso, quando se procura construir um discurso linear sobre o que seja vocação, corre-se o risco de depreciar e de banalizar o que está em jogo. 
A vocação é um mistério que vai se revelando paulatinamente, à medida que vamos descobrindo quem somos e a finalidade da nossa existência. As vocações, de algum modo, são todas distintas; cada indivíduo expressa uma singularidade. Quando se pensa poder tratar todas as histórias da mesma forma, corre-se o risco de generalizar experiências personalíssimas e singularíssimas. Corre-se o risco de cair em certos esquemas, impedindo o verdadeiro conhecimento do singular e concreto, dessa e daquela experiência, desta ou daquela pessoa. 
Serviço de localização de missas e igrejas - A capital gaúcha já conta com um serviço gratuito de localização de igrejas e missas, o Sineiro (sineiro.com). Além de disponibilizar recursos de busca por endereço, distância e dia da semana, o serviço oferece já na primeira tela as missas mais próximas do usuário, baseado na localização do smartphone ou desktop. "Antigamente, o sino cumpria o papel de avisar as pessoas sobre o horário da missa e localização da igreja. Era preciso que a tecnologia tornasse esta informação acessível em qualquer lugar que estejamos", explica Juliano Rigatti, jornalista e fundador da solução. O Sineiro tem expansão confirmada para todos os 29 municípios da Arquidiocese de Porto Alegre a partir deste mês de agosto. Para avisar sobre atualização de horários ou outro tipo de contato, o e-mail é contato@sineiro.com.
SOS África - A Cáritas Brasileira e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) seguem com a segunda parte da campanha SOS África: Moçambique, Zimbábue e Malaui, iniciada em março de 2019. O objetivo é arrecadar recursos para ajudar as famílias impactadas pelos ciclones Idai e Kenneth. Passada a fase de emergência, esse segundo passo busca utilizar os recursos reunidos para segurança alimentar, água, saneamento e higiene, além da construção de abrigos e casas. Em 18 de março de 2019, Moçambique, Zimbábue e Malaui foram assolados pelo ciclone Idai que deixou milhares de mortos e desabrigados. Seis semanas depois o norte de Moçambique foi afetado por um segundo ciclone, chamado Kenneth. São 1,8 milhões de desabrigados e milhares de mortos. Há por volta de 111 mil casas destruídas e 240 mil danificadas, além de escolas e centros de saúde. Para colaborar com a causa, acesse https://caritas.colabore.org/sosafrica/people/new
Carta do Papa aos presbíteros - Por ocasião dos 160 anos da morte do Santo Cura d'Ars, o Papa Francisco escreveu uma carta aos presbíteros, divulgada no dia 5 de agosto, subdividida em quatro tópicos: tribulação, gratidão, ardor e louvor. "A gratidão é sempre uma 'arma poderosa'. Só se formos capazes de contemplar e agradecer concretamente todos os gestos de amor, generosidade, solidariedade e confiança, bem como de perdão, paciência, suportação e compaixão com que fomos tratados, é que deixaremos o Espírito obsequiar-nos com aquele ar puro capaz de renovar a nossa vida e missão", diz o Santo Padre no documento. Para ler o texto na íntegra acesse: https://bit.ly/CartaPapa-presbiteros
COMENTAR| CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Dom Jaime Splengler

A Arquidiocese de Porto Alegre renova sua tradicional coluna no Jornal do Comércio, antes intitulada "A Voz do Pastor", e passa a chamá-la "Olhar da Fé", com publicação exclusiva na versão online do veículo. Todas as quintas-feiras, Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre, ou um dos bispos auxiliares trarão a visão do sagrado sobre temas importantes para a sociedade.