Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de outubro de 2020.
Dia do Profissional de Informática. Dia da Inovação.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 19 de outubro de 2020.
Notícia da edição impressa de 19/10/2020.
Alterada em 19/10 às 03h00min

Alternativas de mobilidade

A Ticket Log, marca da Edenred Brasil, acaba de ampliar as opções de mobilidade aos usuários do Ticket Car, usado em postos de combustíveis, para oferecer soluções que simplifiquem a vida, aumentando as alternativas de pagamento com o cartão. E integrou a ele novos parceiros, os aplicativos SCOO (aluguel de bicicleta e patinete) e o Mobilicidade (Zona Azul). Antes disso, e já em tempo de pandemia, a Ticket Log havia integrado outros aplicativos, o 99 (transporte de pessoas), o Zapay (débitos veiculares) e o Fretadão (transportes urbanos fretados). "Nosso objetivo é oferecer soluções de mobilidade que gerem conforto, economia e que valorizem o tempo dos nossos usuários", afirma Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil.
A Ticket Log, marca da Edenred Brasil, acaba de ampliar as opções de mobilidade aos usuários do Ticket Car, usado em postos de combustíveis, para oferecer soluções que simplifiquem a vida, aumentando as alternativas de pagamento com o cartão. E integrou a ele novos parceiros, os aplicativos SCOO (aluguel de bicicleta e patinete) e o Mobilicidade (Zona Azul). Antes disso, e já em tempo de pandemia, a Ticket Log havia integrado outros aplicativos, o 99 (transporte de pessoas), o Zapay (débitos veiculares) e o Fretadão (transportes urbanos fretados). "Nosso objetivo é oferecer soluções de mobilidade que gerem conforto, economia e que valorizem o tempo dos nossos usuários", afirma Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil.
Energia na Santa Clara
A Cooperativa Santa Clara, de Carlos Barbosa, completa neste mês 10 anos de uso de fontes de energia limpa e totalmente renovável, fato que gerou uma redução de 12,8 mil tCO2e (toneladas de dióxido de carbono equivalente). Hoje, 65% de toda energia usada pela cooperativa em suas indústrias, centros de distribuição e lojas vêm de fontes renováveis e a previsão é chegar a 90% até o final de 2021.
Festuris será presencial
O Festuris chega neste ano à sua 32ª edição nos pavilhões do Serra Park, em Gramado entre 5 e 8 de novembro. Autorizado pelo governo do Estado e mantida sua data, será a primeira feira de negócios turísticos da América Latina no formato presencial desde o início da pandemia. E pretende ser o palco para iniciar a recuperação da indústria do turismo.
Exame de computação
A gaúcha Fundatec é executora, pelo 5º ano consecutivo, do Exame Nacional Poscomp 2020, da Sociedade Brasileira de Computação. Além das 39 cidades brasileiras, ele será aplicado em Arequipa, no Peru e se destina a avaliar os candidatos a programas de pós-graduação na área. Inscrições até 3 de novembro.
Languiru em shopping
A Cooperativa Languiru, de Teutônia (RS), inaugura nesta quarta-feira, no shopping de Lajeado, um novo supermercado, investimento de R$ 10 milhões. Baseado em posicionamento inovador, o complexo vai além do supermercado, com o acréscimo da infraestrutura de loja Agrocenter - Máquinas e unidade da farmácia, segundo o presidente Dirceu Bayer. O evento integra a programação do aniversário de seus 65 anos, que ocorre dia 13 de novembro.
Prêmio Proteção Brasil
A Wilson Sons venceu, através do Tecon Rio Grande, o Prêmio Proteção Brasil 2020 na classificação Prata. Ele reconhece o trabalho de empresas e profissionais do País na segurança e saúde ocupacionais. O case iniciou em 2008, quando, após a ocorrência de dois acidentes, o terminal montou e consolidou um projeto de atendimento a emergências, referência para a comunidade de Rio Grande e região.
A volta dos passageiros de ônibus
A ATM espera que seja mantido o crescimento do número de passageiros pagantes notado nas últimas semanas, reflexo também da volta de atividades da indústria, serviços e do sistema de educação, com a atualização do Decreto Estadual nº 55.523, que elevou para 70% a capacidade de lotação permitida para ônibus do transporte metropolitano de Porto Alegre. O início da pandemia levou o número de passageiros a uma queda brusca que, entre 28 de março e 3 de abril, foi de 433 mil, correspondendo a apenas 28% da média das duas semanas precedentes. Desde então, o número de pessoas transportadas só superou a faixa de 800 mil na penúltima semana de setembro, o que correspondia a 52% da média pré-pandemia.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Affonso Ritter
Affonso Ritter
Informações sobre negócios corporativos, novas operações e investimentos realizados no Rio Grande do Sul estão na coluna Observador. Jornalista econômico há décadas, Affonso Ritter apresenta, diariamente, notícias e a agenda do ambiente empresarial gaúcho.