Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 27/01/2020.
Alterada em 26/01 às 22h06min

Qualidade da safra de uvas

O estrago da estiagem na safra gaúcha da uva deste ano é, principalmente, na uva de mesa, destinada ao vinho de mesa e ao suco de uva, o qual pode chegar a 30%, mas não de modo generalizado, segundo o proprietário da Vinícola Casa Pedrucci, de Garibaldi, o enólogo Gilberto Pedrucci. E não nas uvas viníferas, destinadas a vinhos finos e espumantes, que estão em excelente estado, grãos sãos, com elevado teor de açúcar, maior potencial de álcool e maior longevidade, segundo ele. Se houve perda nesta uva, ela se deu na fase vegetativa, na floração, devido à exagerada precipitação de chuvas em outubro. Mas "a boa notícia é que, sempre que há uma safra menor, invariavelmente, a qualidade é maior", insiste Pedrucci.
O estrago da estiagem na safra gaúcha da uva deste ano é, principalmente, na uva de mesa, destinada ao vinho de mesa e ao suco de uva, o qual pode chegar a 30%, mas não de modo generalizado, segundo o proprietário da Vinícola Casa Pedrucci, de Garibaldi, o enólogo Gilberto Pedrucci. E não nas uvas viníferas, destinadas a vinhos finos e espumantes, que estão em excelente estado, grãos sãos, com elevado teor de açúcar, maior potencial de álcool e maior longevidade, segundo ele. Se houve perda nesta uva, ela se deu na fase vegetativa, na floração, devido à exagerada precipitação de chuvas em outubro. Mas "a boa notícia é que, sempre que há uma safra menor, invariavelmente, a qualidade é maior", insiste Pedrucci.
Uma vinícola boutique
A vinícola Casa Pedrucci, de Garibaldi, é uma boutique que funciona em centenário pavilhão de basalto. Ela produz de forma artesanal ao ano em torno de 30 mil litros, a maioria de premiados espumantes, mas também vinhos e um suco de uva. Sua instalação é de 2003, e a produção efetiva, de 2010. O criador, enólogo Gilberto Pedrucci, cuida mais da parte técnica; o filho Guilherme, da administração; e a filha Ana Paula, da criação gráfica e comunicação.
A natalidade chinesa
Quem diria, a China, que, há menos de cinco anos, acabou com a política do filho único por casal, vigente há mais de 30 anos, agora, começa a se preocupar com outro lado da questão; a queda da natalidade. Em 2019, a taxa caiu para 10,48 crianças por mil habitantes, a mais baixa desde a Revolução Comunista de 1949. Se continuar, em pouco tempo, não haverá jovens para sustentar a economia e os idosos.
Expansão de franquias
Um negócio que pegou muito bem no Brasil é o sistema de franquias. Cresceu até mesmo na crise. E suas metas não são pouco ambiciosas para este ano, conforme a entidade nacional, a ABF: crescimento de 8% no faturamento, de 6% nas unidades, 1% nas redes e 6% na geração de empregos.
Festival Porto Verão Alegre
O público de Porto Alegre terá a oportunidade de conferir mais de 400 eventos dispostos em 19 espaços culturais da cidade até 16 de fevereiro. O Festival Porto Verão Alegre, que conta com o patrocínio da Racon Consórcios, está na sua 21ª edição e em 2020 apresenta a maior edição de sua história em número de atrações - só em espetáculos teatrais serão 146 atrações. Seus destaques ficam por conta das apresentações voltadas ao empoderamento feminino. A peça intitulada Mulheragem evidencia a trajetória de mulheres que foram reprimidas ao longo da história. Outro destaque, ainda neste tema, é a apresentação do solo Frida Khalo - A Revolução, em que a atriz Juçara Gaspar encena a artista mexicana.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Affonso Ritter
Affonso Ritter
Informações sobre negócios corporativos, novas operações e investimentos realizados no Rio Grande do Sul estão na coluna Observador. Jornalista econômico há décadas, Affonso Ritter apresenta, diariamente, notícias e a agenda do ambiente empresarial gaúcho.