Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 08/01/2020.
Alterada em 07/01 às 21h56min
COMENTAR | CORRIGIR

Bondade com o chapéu dos outros

Essa proposta do presidente Jair Bolsonaro de solicitar que os estados reduzam o ICMS dos combustíveis para segurar o preço na bomba tem tudo para não dar certo. Muitos estados, inclusive o Rio Grande do Sul, passam por dificuldades financeiras e não pretendem abrir mão de receita. É verdade que, no âmbito nacional, segundo a Petrobras, o ICMS responde por 29%, em média, do preço do litro. Mas logo atrás vêm o PIS/Cofins e a Cide, tributos federais - porque também não diminuir a incidências destes? E ninguém garante que uma pequena redução de tributos vai impactar o preço final, se continuar essa alta do petróleo no mercado internacional com a rusga entre Irã e Estados Unidos. A conferir.
Essa proposta do presidente Jair Bolsonaro de solicitar que os estados reduzam o ICMS dos combustíveis para segurar o preço na bomba tem tudo para não dar certo. Muitos estados, inclusive o Rio Grande do Sul, passam por dificuldades financeiras e não pretendem abrir mão de receita. É verdade que, no âmbito nacional, segundo a Petrobras, o ICMS responde por 29%, em média, do preço do litro. Mas logo atrás vêm o PIS/Cofins e a Cide, tributos federais - porque também não diminuir a incidências destes? E ninguém garante que uma pequena redução de tributos vai impactar o preço final, se continuar essa alta do petróleo no mercado internacional com a rusga entre Irã e Estados Unidos. A conferir.
Fundesa
Com a atualização do valor da Unidade Padrão Fiscal (UPF) para 2020, fixado em R$ 20,2994, o cálculo para o recolhimento da taxa do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa) para a cadeia produtiva da bovinocultura de leite passa para R$ 0,00126 por litro industrializado, sendo R$ 0,00063 pagos pela indústria e R$ 0,00063 pelo produtor. O montante arrecadado é destinado para promover ações preventivas contra zoonozes nos animais das propriedades rurais localizadas no Rio Grande do Sul.
Gambrinus
Celebrando os 130 anos de existência, o lendário restaurante Gambrinus, instalado no Mercado Público, lançou novos rótulos para sua linha de cervejas. O design foi pensado a partir de uma pintura feita por alemães e descoberta na parede do Gambrinus durante uma reforma nos anos 1990. Dentre as opções disponíveis em garrafas de 600ml estão Pilsen, Witbier, Red Ale, IPA e Weiss. A produção das cervejas ficou a cargo da Al Capone, de Porto Alegre.
Criançada na praia
Neste sábado, das 10h às 13h, acontece o tradicional campeonato de taco nas areias de Capão da Canoa. O evento, conduzido pela Lojas Lebes em parceria com o Instituto do Câncer Infantil, promove a reinserção social de crianças, em fase final de tratamento, possibilitando que tenham momentos divertidos na beira da praia. O evento ocorre em frente à Avenida Poti. Na sequência, será aberta a Arena de Verão Lebes com roleta premiada, karaokê, empréstimos de materiais esportivos, cadeiras e guarda-sóis. As atividades da Arena finalizam às 17h.
Imposto de Renda
A Receita Federal libera hoje (8), a partir das 9h, a consulta ao lote residual de restituição multiexercício do IRPF. Estarão disponíveis restituições referentes aos exercícios de 2008 a 2019. O crédito bancário para 185.891 contribuintes será realizado no dia 15 de janeiro, totalizando R$ 725 milhões.
Fibra ótica
A Oi Fibra, serviço de internet por fibra ótica da Oi lançado há cerca de um ano, chegou à marca de 85 mil clientes na região Sul em 2019. No Rio Grande do Sul, o serviço está disponível em Porto Alegre, Alvorada, Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Viamão. O diferencial do produto é levar a fibra ótica até dentro da casa do cliente, o que garante mais velocidade e estabilidade na conexão. A Oi tem a maior rede de transporte de dados já instalada do país, com mais de 360 mil quilômetros de fibra.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Affonso Ritter
Affonso Ritter
Informações sobre negócios corporativos, novas operações e investimentos realizados no Rio Grande do Sul estão na coluna Observador. Jornalista econômico há décadas, Affonso Ritter apresenta, diariamente, notícias e a agenda do ambiente empresarial gaúcho.