Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Dia do Economista .

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 13/08/2019.
Alterada em 13/08 às 03h00min
COMENTAR| CORRIGIR

A recriação da CPMF

Se depender do presidente Jair Bolsonaro e se ele não mudar de opinião, a recriação da CPMF não vai fazer parte da reforma tributária. De visita ao Estado ontem para inaugurar parte da duplicação da BR-116, ele reiterou seu ponto de vista contra, no que tem como parceiro o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia. Em evento de banqueiros em São Paulo, também ontem, foi contundente. "A única certeza que eu tenho é que nós não vamos retomar a CPMF na Câmara em hipótese nenhuma." Mas, em outro evento, ainda em São Paulo, na Associação Comercial, o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, elegeu o que chamou de "um novo imposto sobre transações", um dos três pilares da reforma junto com mudanças no imposto de renda de empresas e cidadãos e um imposto sobre valor agregado (IVA).
A reforma de Rigotto
Quem vem se dedicando à questão da reforma tributária já há anos é o ex-governador Germano Rigotto em palestras pelo País. E se dispõe a colaborar agora com o projeto. Ontem ele participou da reunião em que falou o secretário Marcos Cintra. E hoje à noite fala sobre a controvérsia no Instituto Ling de Porto Alegre.
A nova estratégia CI
O Grupo CI, que inclui a CI Intercâmbio e Viagem, está com planejamento estratégico baseado em inovação, business intelligence, excelência operacional e cultura de alta performance. Antes focado no público jovem, agora, ela quer ser reconhecida como parceira de educação para todas as etapas da vida do cliente.
Crescimento e prêmio
A rede gaúcha de hotéis Intercity elevou em 18% sua receita no primeiro semestre deste ano sobre igual período de 2018, apoiada nos diferenciais competitivos como a estratégia de alinhar e conectar 100% as Vendas, Marketing, Distribuição e RM. Com 40 hotéis no Brasil e Uruguai, está no ranking "Melhores Empresas para Trabalhar 2019 - Hotelaria e Turismo", da Great Place to Work.
A multiplicação de academias
Se há um setor que não liga muito à crise é o das academias de ginástica, que se multiplicam. O caso da Engenharia do Corpo, que abriu a primeira em Caxias do Sul em 2012. No conceito criado pelo empresário Alexandre Zanella, em sociedade com o irmão Diego Zanella, ela lançou na cidade a modalidade low price, já praticada nos EUA, por exemplo, oferecendo uma infraestrutura moderna e completa a baixo custo, para democratizar o acesso ao universo fitness. Hoje a rede tem três academias na cidade. E em setembro, será inaugurada a quarta operação, no Villagio Iguatemi. Sob o modelo de franquias, os fundadores da marca prospectam a abertura de mais seis unidades na Serra até 2020, e também em outras cidades da região Sul com mais de 80 mil habitantes, concretizando um crescimento de 50%.
COMENTAR| CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Affonso Ritter

Informações sobre negócios corporativos, novas operações e investimentos realizados no Rio Grande do Sul estão na coluna Observador. Jornalista econômico há décadas, Affonso Ritter apresenta, diariamente, notícias e a agenda do ambiente empresarial gaúcho.