Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Edição impressa de 06/09/2018. Alterada em 06/09 às 00h17min

A polêmica do plástico

A indústria brasileira do plástico não está gostando nada das reiteradas restrições do Papa Francisco ao plástico e vem articulando uma aproximação para debater o tema diretamente com ele. Neste sentido, o presidente do Simplás, de Caxias do Sul, Jaime Lorandi, líder deste processo no Brasil como conselheiro da Apliplast, está no Rio de Janeiro em contato com líderes da Igreja Católica. Seu envolvimento no assunto é de 2015, quando Francisco publicou a encíclia Laudato Si, desaconselhando o uso de plástico. Lorandi elaborou e enviou uma carta, com a assinatura de dezenas de entidades setoriais do Brasil, da América Latina e da Europa, e já recebeu uma resposta do gabinete do Papa. A postura do setor é clara: "O plástico traz muitos benefícios para a humanidade. É acessível a todos os povos, uma solução democrática. O que falta é educação para a destinação correta dos materiais após seu consumo".
Curso de marcenaria
Depois da parceria com a empresa Promob para qualificar sua área de projetos de móveis, o curso de Marcenaria do Centro de Educação Profissional (CEP) do Pão dos Pobres foi contemplado pelo Fundo Social 2018 do Sicredi União Metropolitana RS, para sua revitalização. Em breve, os jovens aprendizes terão ao seu dispor novos equipamentos e ferramentas que irão melhorar sua qualificação. O Fundo Social 2018 distribuiu R$ 255 mil a 46 projetos.
Seis novos pirulitos
A Peccin de Erechim está lançando uma nova linha de pirulitos, o Animania Selva, sabor morango com a temática de animais selvagens. O produto chega ao mercado no formato de seis animais selvagens: leão, tigre, macaco, elefante, urso e hipopótamo apresentados em quatro cores diferentes - amarelo, azul, rosa e laranja. E direcionada ao público infantil, sugestão para decorar festas com temas relacionados a animais.
Feira Women Power
A Business Professional Women vai realizar, dia 15 deste mês na Unisinos Porto Alegre, a Feira Women Power, focada em quatro eixos: empreendedorismo, negócios, comportamento e moda. A feira terá palestras de profissionais de cada área, oficinas, rodadas de negócios e expositores. Na parte de expositores, será uma oportunidade para conhecer produtos de quem está investindo no próprio negócio. A BPW está em mais de 100 países. Em Porto Alegre, a ONG foi criada em 1989.
Pagamento eletrônico
Um novo player em meios de pagamento está entrando no mercado gaúcho, a Passepag. A empresa oferece soluções em pagamentos eletrônicos, que inclui "maquininhas", mas personaliza o atendimento ao modelo de negócio do cliente com um pacote de serviços. A Passepag integra o Grupo Fontes, que promete movimentar mais de R$ 4 bilhões em contratos em 2018.
Cadastros de hotelaria e gastronomia
Uma plataforma exclusiva de cadastros para a hotelaria e gastronomia: este é o Programa "Talentos em Ação" do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha), que tem movimentado o mercado de trabalho em favor de novas contratações. Com a ferramenta, profissionais se cadastram, têm acesso a cursos de qualificação e encontram vagas adequadas ao perfil. É a conexão com vagas disponíveis em hotéis, bares e restaurantes associados ao Sindha. O foco agora é a prospecção de novos currículos, e o programa ainda qualifica candidatos, com auxílio e orientações. Para os empresários, representa mais agilidade em aumentar ou recolocar colaboradores. O cadastramento pode ser feito no seu site.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Daciur Amaro Reis Santos 06/09/2018 11h09min
A indústria do Plástico, e seus representantes, estão sendo hipócritas, ao dizer que o plástico é importante para as pessoas, até é, mas na verdade eles estão mais preocupados com os seus ganhos! a interminável ganância da maioria dos empresários. Eles poderiam gastar um pouco de seus lucros, ajudando e conscientizando os consumidores , a reciclar o plásticos. Porque o mal que o lixo de plástico está causando ao planeta é real.