Porto Alegre, quinta-feira, 29 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 29 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 00h02min, 29/07/2021. Atualizada em 12h16min, 29/07/2021.

Casas Bahia abre duas lojas no Rio Grande do Sul e planeja mais 10 até dezembro

Depois de fechar todas as filiais no RS, rede retornou em 2015, reabrindo em Alvorada em 2018

Depois de fechar todas as filiais no RS, rede retornou em 2015, reabrindo em Alvorada em 2018


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Patrícia Comunello
Rede que chegou a fechar todas as unidades no Rio Grande do Sul há mais de dez anos, a Casas Bahia abre mais duas lojas no Estado esta semana. A marca tem pelo menos 18 filiais em funcionamento no Estado, situadas em diversas regiões gaúchas. 
Rede que chegou a fechar todas as unidades no Rio Grande do Sul há mais de dez anos, a Casas Bahia abre mais duas lojas no Estado esta semana. A marca tem pelo menos 18 filiais em funcionamento no Estado, situadas em diversas regiões gaúchas. 
Em nota, a Casas Bahia, que pertence à Via Varejo, agora apenas Via, dona também do Ponto, que era Ponto Frio, informou que as unidades vão estrear em Taquara, na rua Júlio de Castilhos, 2.740, no Vale do Paranhana, mais perto de Porto Alegre, nesta quinta-feira (29). Em Lajeado, no Vale do Taquari, a unidade abre as portas nesta sexta-feira (30), na rua Júlio de Castilhos, 1132, no Vale do Taquari.
A Bahia fechou em 2009 as últimas unidades. A marca chegou a ter 28 pontos espalhados em 19 cidades. Em 2015, a rede voltou a pisar em território gaúcho, com a primeira filial em Cachoeirinha, na Região Metropolitana (RMPA). 
Os dois estabelecimentos ficam localizados na área central das cidades. "Neste ano, estão previstas mais 10 lojas no Estado, totalizando a geração de mais de 200 empregos diretos", completa a varejista.
As novas operações integram plano de expansão da Via até o fim de 2021, que deve somar mais 120 novas lojas físicas em todo o País. A expectativa é abrir 5 mil empregos diretos, informou a rede.
Comentários CORRIGIR TEXTO