Porto Alegre, quarta-feira, 24 de novembro de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Digital

- Publicada em 22/11/2021 às 19h21min.

Com saída de BR Malls e Multiplan, Delivery Center descontinua operação

Empresa fazia a conexão de lojistas físicos com 16 marketplaces

Empresa fazia a conexão de lojistas físicos com 16 marketplaces


DELIVERY CENTER/DIVULGAÇÃO/JC
A decisão da BR Malls e da Multiplan de descontinuarem as atividades operacionais da Delivery Center, anunciada em fato relevante publicado ontem, põe fim a uma das startups gaúchas cuja proposta de mercado era uma das mais ousadas dos últimos tempos.
A decisão da BR Malls e da Multiplan de descontinuarem as atividades operacionais da Delivery Center, anunciada em fato relevante publicado ontem, põe fim a uma das startups gaúchas cuja proposta de mercado era uma das mais ousadas dos últimos tempos.
Em nota, a Delivery Center disse que “diante da decisão anunciada, vai elaborar um plano de descontinuidade e assegura que a empresa honrará com os compromissos assumidos com colaboradores, clientes e toda a nossa rede de parceiros”. O atual CEO da empresa é o Saulo Brazil.
A BR Malls e a Multiplan não esclareceram o que motivou a decisão, e apenas afirmaram no fato relevante que a decisão não compromete as suas estratégias de inovação digital.
Fundada pelo empreendedor Andreas Blazoudakis, criador de 17 startups, entre elas a Movile, avaliada em mais de US$ 1 bilhão em 2018 e investidora de empresas como iFood e Ingresso Rápido, a Delivery Center nasceu em 2016 com a missão de assumir todo processo de logística das entregas, recebimento de pedidos, coleta de itens, tracking e execução de entregas por motoboys.
A previsão era investir R$ 400 milhões até 2021 e inaugurar 200 unidades de entregas nos principais centros urbanos brasileiros. Muito da inspiração deste negócio vem da Ásia, a da tendência de conectar o mundo on-line e off-line. A ideia avançou para a lógica de criação de hubs de delivery localizados em shopping centers. A startup tem como acionistas BRMalls, Multiplan, CCP e José Galló, entre outros.
O Delivery Center se posiciona no mercado como um ecossistema para promover a transformação digital de lojistas de alimentação e produtos, fazendo a conexão dos mesmos a diferentes marketplaces e sua rede de entregadores parceiros. De acordo com a empresa, integrava lojistas físicos a 16 marketplaces e uma rede de mais de 15 mil entregadores em todo o Brasil. Em setembro deste ano, a empresa lançou o Unity, plataforma de gestão de aplicativos de delivery em uma única interface.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO