Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

11/09/2019 - 18h51min.
Alterada em 11/09 às 18h51min
COMENTAR | CORRIGIR

Sapiens vai dar visibilidade para trabalhos científicos

Premiações vão destacar teses e dissertações mais populares entre empresas e sociedade

Premiações vão destacar teses e dissertações mais populares entre empresas e sociedade


VINÍCIUS PORTON/DIVULGAÇÃO/JC
Todos os anos, cerca de seis mil teses e dissertações são publicadas no Rio Grande do Sul. A grande maioria fica nas “estantes” das universidades, enquanto do lado de fora, as empresas precisam cada vez mais embarcar conhecimento nos seus produtos e serviços. É justamente com a proposta de dar mais visibilidade para estes trabalhos que foi lançada essa semana a plataforma digital Sapiens. A iniciativa do Pacto Alegre e liderada pela uMov.me conta com a curadoria da Fapergs e da Reginp, além de diversas universidades e entidades setoriais na promoção da tríade vinculação universidades-sociedade-mercado. “Queremos divulgar e premiar os trabalhos de mestrado e doutorado e fazer com que a pesquisa produzida no Estado seja transformada em produtos que cheguem mais rapidamente ao mercado”, projeta o CEO da uMov.me, Alexandre Trevisan.
Mestres e doutores que já defenderam suas dissertações ou teses poderão gravar um vídeo de até três minutos com linguagem acessível sobre os seus resultados de pesquisa para ser submetido junto ao formulário na plataforma Sapiens.
Serão duas premiações. O Prêmio Conexão com Mercado avaliará os cinco projetos científicos que tiverem mais solicitações por parte de empresas até março de 2020 e o Prêmio Engajamento Popular, que destacará os cinco vídeos mais visualizados na plataforma. Todos os projetos serão auditados por uma curadoria da Fapergs antes da publicação.
A lançamento da plataforma será em outubro deste ano e, até abril de 2020, ocorrerá a avaliação e publicação na Sapiens. A divulgação dos vencedores será feita em março do ano que vem. Para participar da premiação, a tese ou a dissertação precisam ter sido defendidas entre os anos 2015 e 2020. “Hoje a comunidade e as empresas não sabem o que está acontecendo dentro das universidades. Queremos dar mais visibilidade para estes projetos”, reforça o gestor.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Patrícia Knebel
Patrícia Knebel
Ecossistemas de inovação, tendências globais para os negócios, marketing digital, as tecnologias que são os pilares da transformação digital (como mobilidade, Internet das Coisas e Big Data) e todas as novidades que impactam o comportamento dos consumidores e o futuro das empresas e das cidades estão na coluna Mercado Digital. Estou feliz por você estar aqui.