Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de agosto de 2019.
Dia Nacional do Combate ao Fumo.

Jornal do Comércio

29/08/2019 - 15h04min.
Alterada em 29/08 às 15h04min
COMENTAR | CORRIGIR

Ventiur adquire Winnova e reforça foco no agronegócio

Cortezia é o CEO e fundador da Ventiur

Cortezia é o CEO e fundador da Ventiur


FREDY VIEIRA/JC
A aceleradora Ventiur acaba de adquirir a Winnova, o que inclui as operações, metodologias e equipe da aceleradora. Uma das expectativas é reforçar a atuação no segmento de agronegócio, setor de origem dos sócios e investidores da Winnova. A apresentação da parceria acontece hoje, durante a Expointer.
“Já temos em nossa carteira quatro startups do agronegócio, mas queremos aumentar significativamente nossa presença nesse importante mercado, com uma atuação mais agressiva neste mercado”, afirma o CEO e fundador da Ventiur, Sandro Cortezia.
A aquisição também deve ampliar a capacidade de execução da Ventiur, que hoje conta com três grupos de investidores em desenvolvimento: Hélice, na Serra Gaúcha, ligado ao TecnoUcs e empresas da região, Fundo20, ligado ao Tecnosinos e o Ventiur AgTech focado no agronegócio.
Guilherme Kudiess, sócio e diretor da Winnova, passa a atuar como COO da Ventiur. Com a nova configuração, soma-se a experiência de mais de 2 mil startups analisadas, mais de 190 pré-aceleradas, 48 investidas, mais de 100 investidores e mentores e R$ 15 Milhões captados e investidos num portfólio que vale, atualmente, mais de R$ 150 milhões. “Essa parceria vai permitir o fortalecimento das nossas operações. Vamos unir os times agregando competências e criar maior sinergia entre as startups”, destaca Cortezia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Patrícia Knebel
Patrícia Knebel
Ecossistemas de inovação, tendências globais para os negócios, marketing digital, as tecnologias que são os pilares da transformação digital (como mobilidade, Internet das Coisas e Big Data) e todas as novidades que impactam o comportamento dos consumidores e o futuro das empresas e das cidades estão na coluna Mercado Digital. Estou feliz por você estar aqui.