Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de abril de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de abril de 2020.
Notícia da edição impressa de 06/04/2020.
Alterada em 06/04 às 03h00min
COMENTAR | CORRIGIR

Tão, mas tão atual...

Bistrô analisa marcas em meio à pandemia

Bistrô analisa marcas em meio à pandemia


/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC

A reflexão abaixo foi publicada por esta coluna em 17 de setembro de 2018. Impressiona o fato dela poder ser replicada tal qual seu texto original:

A reflexão abaixo foi publicada por esta coluna em 17 de setembro de 2018. Impressiona o fato dela poder ser replicada tal qual seu texto original:

Juntos somos mais fortes

Desde muito tempo, gaúchos são oito ou 80, maragatos ou chimangos, gremistas ou colorados. O meio termo dificilmente funciona para quem mora na ponta de baixo do Brasil. É exigido ser contra ou a favor, concordar ou discordar, estar junto ou separado. É pegar ou largar. Cenário este que contraria alguns movimentos recentes, nos quais a união faz, literalmente, a força. É interessante quando a Comunicação se une em prol de uma mesma causa, ou quando entidades representativas estão lado a lado rumando a um lugar comum. Mais interessante ainda é quando o mercado se dá conta de que existe espaço para todos - quando estes são bons, então, melhor ainda! - a consequência só pode ser positiva. A crise? Sim, está posta para todo mundo e a criatividade, como muitos já disseram, deve imperar. Fomentar o mercado e buscar que ele seja, de fato, forte o suficiente para se sustentar torna a luta mais leve e, principalmente, bonita de se ver. Em frente, comunicadores!

Em prol do mercado

Diversas entidades nacionais, representando agências de publicidade, agentes digitais e produtores de audiovisual, uniram-se para chegar até o presidente da República, Jair Bolsonaro. Em uma carta, elas solicitam ao chefe de Estado alguns benefícios de forma excepcional e temporária, como possibilidade de férias coletivas de 60 dias, isenção do recolhimento de INSS e FGTS, e outros seis itens. O requerimento foi assinado por Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap); Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro); Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi); Associação dos Profissionais de Propaganda (APP); Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais (Apro); Associação Brasileira das Produtoras de Fonogramas Publicitários (Aprosom); Associação de Marketing Promocional (Ampro); e Associação Brasileira de Propaganda (ABP).

Mais alcance

A Alright oferece um incentivo para marcas que promovem prevenção contra o coronavírus. Acontece que a plataforma de mídia programática pretende fazer com que as mensagens cheguem a mais pessoas, reaplicando 100% do que for investido pelos clientes para que estes atinjam o dobro de impactos. "Essa iniciativa mexe com a nossa margem de faturamento, mas acreditamos que ajudar na prevenção é mais importante", disse Fabiano Goldoni, sócio-fundador da Alright. Em comunicado, a empresa explicou que acredita que a credibilidade dos produtores de conteúdo verificados é fundamental para transmitir informação capaz de combater a propagação da Covid-19.

perfil

Luciamen Winck
Luciamen Winck
/ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC

Na infância, fã de Sandra Passarinho, ela se divertia dentro da personagem 'Lú Periquito', e com um antigo gravador do pai saía por aí entrevistando pessoas. Esses foram os primeiros indícios de que a coordenadora de Produção do Correio do Povo, Luciamen Winck, traçaria sua carreira no Jornalismo. Ainda que os pais tenham tentado convencê-la a seguir Direito ou Odontologia, a Comunicação é o que faz, há 34 anos, o coração dela bater mais forte. Aposentada, mas sem querer parar de trabalhar, Lu diz que o jornal impresso onde atua é a sua segunda, e às vezes até a primeira, casa. Com uma vida leve e simples, não é necessário muito para fazê-la feliz: família, os cachorros e a praia de Atlântida Sul são suficientes para preencher seu coração. Saiba mais dessa trajetória no Perfil de Coletiva.net.

agências

Bistrô analisa marcas em meio à pandemia
Bistrô analisa marcas em meio à pandemia
/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC

MORYA assina duas campanhas com tom bastante emotivo para ambas. A primeira foi para a Prefeitura de Porto Alegre, quando do aniversário da Capital. A segunda, para Unimed Porto Alegre. Nos dois casos, o pano de fundo é a pandemia do coronavírus e o cenário é Porto Alegre, com mensagens carinhosas ao final.

BISTRÔ elaborou um relatório sobre como as marcas estão se comportando durante a pandemia do coronavírus. No documento, foram destacados vários pontos, que vão desde comunicação, ações de marketing com o público, assistência, informação, mensagens de otimismo, até boas ações e doações.

parceiros

Coletiva.net registra aumento de audiência
Coletiva.net registra aumento de audiência
/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC

Ainda que o cenário seja delicado para o mundo neste momento, Coletiva.net segue seu caminho ascendente: no primeiro trimestre do ano, registra um crescimento de 123,36% em relação a igual período de 2019. Conforme os dados fornecidos pelo Google Analytics, de janeiro a março, o portal já ultrapassou o número conquistado ao longo de todo de 2016, e, até agora, soma 1.740.118 acessos. Os primeiros 90 dias do ano passado marcaram 779.184 visualizações. Os 509.188 acessos de março significaram também 57% de aumento sobre o mesmo período de 2019, quando foram atingidos 319 mil.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Márcia Christofoli
Márcia Christofoli
Notícias sobre meios de comunicação, agências de publicidade e as mudanças no mercado do Rio Grande do Sul estão na coluna Intervalo, publicada todas as segundas-feiras.