Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 18/11/2019.
Alterada em 17/11 às 21h56min
CORRIGIR

Qual a real necessidade?

O Governo Federal criou o programa Verde Amarelo através de uma medida provisória. Com ele, tornou dispensável o registro de algumas profissões, dentre elas jornalistas, radialistas e publicitários. Para o primeiro grupo, não há nada muito novo, uma vez que a exigência do seu diploma fora derrubada há 10 anos. No caso do mercado da propaganda, pegou muitos de surpresa e gerou desgostos. Para a Associação Riograndense de Propaganda, por exemplo, a decisão acarretará na precarização da profissão. A questão que se faz, neste momento, é: alguém já teve alguma dificuldade de exercer suas funções neste meio por falta de algum registro? Atuando no mercado gaúcho existem psicólogos, arquitetos, historiadores, engenheiros. Inclusive, muitos deles são muitos mais capacitados e eficientes do que alguns formados em PP. Veja bem, não há intenção alguma de desmerecer a classe. A provocação aqui é para que se discuta ainda mais a importância de valorização da Publicidade.
O Governo Federal criou o programa Verde Amarelo através de uma medida provisória. Com ele, tornou dispensável o registro de algumas profissões, dentre elas jornalistas, radialistas e publicitários. Para o primeiro grupo, não há nada muito novo, uma vez que a exigência do seu diploma fora derrubada há 10 anos. No caso do mercado da propaganda, pegou muitos de surpresa e gerou desgostos. Para a Associação Riograndense de Propaganda, por exemplo, a decisão acarretará na precarização da profissão. A questão que se faz, neste momento, é: alguém já teve alguma dificuldade de exercer suas funções neste meio por falta de algum registro? Atuando no mercado gaúcho existem psicólogos, arquitetos, historiadores, engenheiros. Inclusive, muitos deles são muitos mais capacitados e eficientes do que alguns formados em PP. Veja bem, não há intenção alguma de desmerecer a classe. A provocação aqui é para que se discuta ainda mais a importância de valorização da Publicidade.

Alinhamento nacional

Com o objetivo de alinhar-se ao posicionamento nacional, a DeBrito não mais se chama DB.co. A empresa, que é de capital 100% nacional, busca renovar seu compromisso com o País e com a criatividade brasileira e volta a assumir seu norma original, com o sobrenome Brasil. Marcelo Pires, da Ideia da Silva, que presta assessoria criativa para a DeBrito Brasil de Porto Alegre, está otimista com o novo momento da empresa: "O novo conceito salienta o fato de ser uma das poucas agências de capital nacional, sem interferência de uma multinacional, com uma longa tradição e clientes duradouros. E, assim, o escritório do Rio Grande do Sul se alinhou totalmente com isso, o que é uma grande vantagem, pois aproveita mídia, planejamento e integração com a Criação nacional", explica.

Proteção de dados: urgente

A nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) passa a vigorar a partir de 20 de agosto do ano que vem. E, até lá, as empresas brasileiras precisam se adaptar às suas regras. Para ajudar no entendimento deste cenário, a Associação Riograndense de Propaganda (ARP) promove nesta semana mais uma edição do Janela ARP. O tema será 'Privacidade e Conveniência, uma combinação possível', com a presença de Raissa Moura, head of Legal da InLoco University. O evento acontece quinta-feira, 21 de novembro, às 18h30, na sede da entidade (rua Tobias da Silva, 120, auditório - Moinhos de Vento), e é exclusivo para sócios. A presença deve ser confirmada pelo e-mail arp@arpnet.com.br ou pelo (51) 9.9872.5567.

AGÊNCIAS

Vossa assina campanha para Sindijore
Vossa assina campanha para Sindijore
/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC
  • VOSSA é responsável pela nova campanha do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Rio Grande do Sul (Sindijore-RS). Conceito 'Buscar a verdade é o papel do jornal. E seu, também' (acima), ação busca valorizar o meio impresso.
  • W3HAUS conquista a conta do BarraShoppingSul, após um processo de concorrência com outras quatro agências. A empresa será responsável por toda a comunicação do empreendimento da Multiplan.

GENTE

Márcia Ferla vai para o Grupo Sabemi
Márcia Ferla vai para o Grupo Sabemi
/SABEMI/DIVULGAÇÃO/JC
O Grupo Sabemi anunciou a publicitária Marcia Ferla como head de Marketing da empresa no Brasil. Na nova função, a profissional passa a liderar estratégias de branding, comunicação, relacionamento, transformação digital e posicionamento da companhia. Ela possui mais de 25 anos de experiência nas áreas de Marketing, Comunicação Corporativa e Gestão de Negócios e tem passagens por Vivo, Claro, TNT Express e Shopping Iguatemi.

PARCEIROS

 Bourbon Assis Brasil ganha relógios digitais
Bourbon Assis Brasil ganha relógios digitais
/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC
A nova aposta da Sinergy Novas Mídias envolve o Grupo Zaffari. Isso porque a empresa de out of home (OOH) instalou os primeiros relógios digitais de última geração no estacionamento do empreendimento localizado na Assis Brasil. A novidade conta com duas telas em Full LED e oferece informações como previsão do tempo, horário, raios UV, entre outras informações. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Sinergy e a Airaz, administradora dos empreendimentos imobiliários do Grupo Zaffari.

PERFIL

Fernando Puhlmann
Fernando Puhlmann
/COLETIVA.NET/DIVULGAÇÃO/JC
Menos de cinco minutos de conversa e o sotaque ainda carregado entrega: Fernando Puhlmann não é da capital gaúcha. Nascido e criado em Alegrete, os seus 1,95m de altura não são a única característica que chama atenção quando adentra algum ambiente. Ele fala alto, gesticula bastante e não tem nenhuma dificuldade para se comunicar. O sócio-diretor da Cuentos y Circo é, definitivamente, um cara visceral, intenso e emocionalmente entregue a tudo e a todos. Leia sobre a sua trajetória e preferências pessoais em Coletiva.net.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia